Em linhas gerais, um(a) youtuber gamer é quem produz conteúdo para o YouTube. A diferença está no fato de que, através de seus vídeos, você deverá se mostrar um especialista sobre o que ocorre no universo dos videogames - sem deixar de se divertir através de streaming e gameplays, é claro.

Outra diferença está no espaço que o YouTube destina a canais sobre videogames na plataforma, através de uma página especial, a Gaming. Afinal, a plataforma alcançou 100 bilhões de horas assistidas de vídeos sobre games em 2020, de acordo com declaração do diretor de gaming no YouTube, Ryan Wyatt, à revista Exame.

O que é preciso para tornar-se um youtuber gamer?

Imagem de menina gravando vídeo

1. Defina um objetivo

O primeiro passo é descobrir um objetivo antes de criar um canal. Dessa forma, você pode produzir conteúdo somente sobre jogos desenvolvidos pela Epic Games, por exemplo, ou torná-lo abrangente, mencionando consoles, periféricos, lançamentos e títulos de sua preferência, bem como aqueles que não fazem muito o seu estilo. O objetivo depende do seu conhecimento e experiência.

 

Ou seja, se você é muito bom em Battle Royale, arrasa em Fortnite, Free Fire, Apex Legends ou Call of Duty: Warzone, faça um canal jogando-o(s). Mas se o seu coração está no automobilismo, em títulos como Forza Horizon, Real Racing ou Gran Turismo Sport, produza conteúdo sobre o melhor volante para jogos ou cockpit.

 

Além do seu conhecimento, antes de criar o canal, você pode estudar a página “Gaming” do YouTube, conferir o que outros usuários estão produzindo e apostar no conteúdo mais original possível para tornar-se relevante. 


E, lembre-se: o objetivo pode mudar ao longo do processo, principalmente depois de alcançar um bom número de inscritos. Quer dizer, você pode abrir um canal falando apenas sobre jogos independentes e, depois de um tempo, explorar outras pautas sobre como montar um PC gamer ou jogar um título Triple AAA, como The Last of Us II.

Imagem de Youtuber gravando

2. Inspire-se em quem já possui uma trajetória consolidada

Felix Arvid Ulf Kjellberg, o PewDiePie, é um exemplo de youtuber gamer que produz um conteúdo abrangente. Ele é especialista em jogos e-sports, especialmente MineCraft. No entanto, também faz vídeo reagindo a memes e conteúdos do TikTok — justamente por possuir uma “veia” humorística. O resultado? Além de um canal com milhões de inscritos, seus vídeos, em 2020, acumularam mais de 25 bilhões de visitas.


Já no Brasil, o posto de youtuber gamer mais conhecido ou com mais inscritos se divide entre categorias. O canal NOBRU (12,8 mi de inscritos), comandado por Bruno, é o principal criador de lives. Entretanto, quem fica com o título de principal criador por visualização é Robin Hood Gamer (16,6 mi de inscritos), segundo retrospectiva do YouTube. Ambos seguem objetivos abrangentes, mas sem deixar o amor pelo videogame de lado.

3. Faça uma conta no Gmail

Depois de definir um objetivo e estudar referências, é hora de partir para a prática. É provável que você tenha uma conta pessoal ou profissional no Gmail, no entanto, é importante criar um endereço com o nome que você imagina para o canal.

4. Familiarize-se com o YouTube Studio

Depois de abrir uma conta no Gmail, abra o YouTube Studio e comece a estudá-lo. Afinal, é através dele que você fará transmissões e uploads de vídeos, terá acesso às estatísticas, gerenciamento de comentários, inserção de legendas, informações sobre monetização,  poderá montar playlists e personalizar seus vídeos — até certo ponto.

Imagem de Youtube

5. Conte com o YouTube Creator Academy

Caso você precise de ajuda com o YouTube Studio, a plataforma possui uma solução bem interessante para quem está adentrando na criação de conteúdo audiovisual: o YouTube Creator Academy, um espaço para você receber informações e entender sobre como a plataforma funciona. Inclusive, na área “Catálogo”, há vários cursos gratuitos, incluindo o “Desvende seu canal de jogos”, com ferramentas e técnicas para preparar um canal de videogame de sucesso.

6. Aprenda a editar vídeos

Seja através do Adobe Premiere, Sony Vegas, Final Cut ou DaVinci Resolve, é importante que você adquira o mínimo de conhecimento em edição de vídeo antes de tornar-se youtuber gamer; quiçá até em animação, com o software After Effects ou Wondershare FilomraPro.


Isso porque, apesar do YouTube Studio apresentar algumas soluções básicas, você precisará de programas mais avançados para gravar gameplays, lives e/ou reviews, com o intuito de deixar o seu conteúdo cada vez mais atrativo e interessante.

7. Tenha autenticidade e leve a sério a comunicação

Ao fazer o curso oferecido pela YouTube Creator Academy, você perceberá que essa é uma das principais dicas para tornar-se um youtuber gamer de sucesso: tenha autenticidade na hora de gravar vídeos.

 

A autenticidade possui relação com ser fiel em relação ao que você pensa, sente e age, sem segundas intenções. Quanto mais original o você for, mais o público assistirá aos seus vídeos e, com o tempo, mais fabricantes de hardwares e softwares para games vão querer fazer parcerias com você. Dois bons exemplos disso são os canais BRKsEDU e Games EduUu

 

Além disso, ter autenticidade é firmar um compromisso com a comunicação. Isto é, o oposto de considerar o YouTube como uma brincadeira, de “não preparar um roteiro antes de criar um vídeo” ou de “não pesquisar informações” em fontes que são referenciais, como GNI Brasil, Metacritic, Games Radar+ e fóruns.

Imagem de youtubers gravando

8. Relacione-se com outros youtubers gamers

Tanto no início da sua jornada como youtuber, quanto no momento que o seu canal estiver mais consolidado, é importante manter boas relações com outros jogadores e jogadoras. Dessa forma, você aprende com eles, bem como amplia a visibilidade do seu canal e vice-versa; as duas partes saem ganhando.

9. Tenha uma boa relação com o seu público

Conforme você for ganhando inscritos no canal e as pessoas começarem a interagir com seus vídeos, é essencial fidelizá-los através de uma boa relação, seja através de respostas ou atendendo a pedidos. E essa regra não vale apenas para elogios, mas também para críticas construtivas. 

Isso porque, muitas vezes, o público ajudará você a identificar qual é o diferencial do seu canal e, por consequência, o seu. Bem como auxiliará nos pontos que você precisa melhorar.

10. Saiba como utilizar SEO

Por fim, mas não menos importante, apenas um pouco mais técnico, para rankear melhor no YouTube, é essencial que você saiba como e onde aplicar algumas técnicas de SEO (Search Engine Optimization). 


Para tanto, procure produzir conteúdo sobre jogos que estão em alta. Feito isso, insira o nome do jogo (palavra-chave) no nome do arquivo de vídeo, thumbnail, bem como no título. Isso poderá ajudar você a aparecer no resultado de buscas da plataforma. As tags também são cruciais.

Imagem de computador gamer

Como ganhar dinheiro no YouTube?

Atualmente, há cinco recursos para que você, como youtuber, ganhe dinheiro na plataforma, cada qual com seus requisitos. O Clubes dos canais, por exemplo, é um deles e funciona para criadores com mais de mil inscritos. Outros são: 

  • Receita de publicidade; 
  • Estante de produtos do canal; 
  • Super Chat;
  • Super Stickers;
  • Receita do YouTube Premium.

De qualquer forma, para usufruir dos recursos, você deve participar do Programa de Parcerias (YPP) ou destacar-se, através da criação de vídeos inovadores e criativos, para receber o bônus Shorts, uma espécie de iniciativa do YouTube que distribui, mensalmente, US$ 100 milhões entre os melhores.

Quanto ganha um youtuber gamer?

O pagamento é realizado em dólares, o que beneficia diretamente produtores de conteúdo nacionais e baseia-se na regra CPM (custo por mil). Em síntese, a cada mil visualizações, você ganha um valor que pode variar entre 0,25 e 4,50 dólares.

Na prática, a métrica CPM pode não ser muito vantajosa. A revista IstoÉ Dinheiro conta que uma das personalidades mais conhecidas do YouTube, David Dobrik, ganha apenas cerca de dois mil dólares por mês, apesar de seus vídeos atingirem uma média de 10 milhões de visualizações. 

Para tanto, é preciso criar estratégias para maximizar os ganhos, como fez Andrei Jikh ao incluir anúncios no meio de seus vídeos, segundo o Business Insider. Além disso, enxergar o YouTube como uma fonte de renda complementar também pode ser benéfico, até porque há outras formas de sair no lucro: através de criação de conteúdo patrocinado. 

Isto é, conforme você for conquistando o seu espaço como youtuber gamer relevante, a probabilidade de marcas como Logitech, HyperX, Razer, entre outras, entrarem em contato com você, com o objetivo de fechar algum tipo de parceria comercial, é alta.

Quais equipamentos necessários para ser um youtuber gamer?

Sem rodeios, você precisa investir em um quarto gamer, também conhecido como setup gamer, um pouco mais evoluído — com mais equipamentos. Portanto, se você ainda não possui um, esse é o momento de alterar o rumo da sua história como gamer. 

Em outras palavras, você precisa de um espaço silencioso, confortável, com várias tomadas elétricas à disposição, compartimentos e uma conexão Vivo Fibra cabeada, de preferência. Além disso, você precisa de uma boa iluminação, um PC potente e, claro, com uma placa de captura para transferir arquivos de um aparelho externo para o PC.

Em relação aos periféricos, a escolha depende do quanto você pode investir. No entanto, é importante que você possua uma câmera profissional ou uma boa webcam, como a C920 da Logitech para capturar a sua reação enquanto joga. 

Além disso, ter um (ou mais) monitor gamer 4K, bem como um mouse ergonômico, como o G903 Lightspeed da Logitech e um teclado mecânico para garantir conforto e durabilidade, tornarão a experiência melhor.

No que diz respeito à headset gamer, a sugestão é o Astro 40. Por fim, caso você pretenda fazer streaming, além de gameplay e vlogs, um microfone cai bem.

E aí, pronto para se transformar em youtuber gamer? Então, não perca mais tempo, coloque nossas dicas em prática e tenha sucesso na sua jornada. 

Até a próxima!

LEIA MAIS: