Ilustração de um telefone público adaptado com teclado alfanumérico.

Telefones públicos adaptados a PCD auditiva

Telefone com teclado especial alfa-numérico que possibilita comunicação de usuários com necessidades especiais da audição e/ou da fala. É identificado pelo símbolo internacional de pessoas com deficiência auditiva.


Como utilizar

1
Coloque o monofone no encaixe do teclado e ligue para 142

O serviço é gratuito e está disponível 24h por dia em todo o estado de São Paulo. Pessoas com limitação auditiva parcial contam com a tecla de volume nos telefones.

2
Forneça o número de destino da pessoa ouvinte

Este serviço faz a conexão com o destino desejado, informando que a ligação é de pessoa com deficiência auditiva e/ou de fala.

3
Receba a resposta

O ouvinte recebe sua mensagem e responde ao atendente, que digita a resposta para você. A partir do momento da conexão, a ligação é tarifada a cobrar ou no cartão eletrônico, obedecendo tarifas vigentes para uma chamada comum na data.


Ilustração de um telefone público adaptado, no qual a tecla 5 está em alto relevo.

Todos os telefones públicos contam com alto relevo na tecla 5, no centro do teclado. Além disso, informam por sinais sonoros a quantidade de créditos existentes no cartão.


Como utilizar

1
Confira quantos créditos você tem no seu cartão

Retire o fone do gancho, aguarde o tom de discar, coloque o cartão e pressione duas vezes a tecla asterisco (*). Sinais longos significam as dezenas e os breves as unidades. Pronto! Ao final da sinalização, coloque o fone no gancho e retire o cartão.

2
Digite o número que quer ligar

Para que você encontre os números mais facilmente, lembre-se que a tecla 5, no centro do teclado, está em alto relevo.


Ilustração de uma mulher cadeirante usando um orelhão adaptado.

Telefones públicos adaptados a PCD de locomoção

Os orelhões com altura reduzida foram criados para atender pessoas em cadeiras de rodas.