Uma das maiores dores de cabeça para quem utiliza internet sem fio é a lentidão na conexão. E para solucionar isso, além de realizar o teste Wi-Fi com frequência, deve-se adotar algumas boas práticas que potencializem e otimizem o sinal do seu roteador.

E é sobre isso que vamos falar a seguir, apresentando algumas medidas que podem ser tomadas para que você não fique na mão na hora de trabalhar, ou até mesmo no seu momento de lazer e descanso. Continue com a gente e saiba mais sobre o tema.

Como saber o nível do Wi-Fi?

O primeiro passo para descobrir os motivos que causam essa lentidão na sua internet, é analisar se o nível de Wi-Fi está de acordo com a intensidade necessária para oferecer uma boa conexão. A seguir veja o passo a passo para essa descoberta.

Imagem de uma mulher usando um notebook. Imagem de uma mulher usando um notebook.

Pelo computador

Para obter essa informação, você pode observar no canto inferior direito de seu computador o nível de intensidade que está chegando em seu PC, por meio do símbolo que representa sua rede sem fio. Se ele estiver abaixo da metade, significa que seu sinal está ruim.

Outra forma de descobrir isso, é acessando as configurações de rede do seu sistema e buscando pela opção “Status da rede”. Além da intensidade do sinal, por lá você consegue descobrir informações referentes ao seu IP e realizar uma checagem na rede, de modo a verificar outros problemas além do sinal.

Ainda é possível fazer isso de uma maneira mais técnica, acessando o “Prompt de comando” da sua máquina. Para isso, entre no menu de seu computador e busque pela ferramenta. Ao abri-la, copie o comando “Netsh wlan show interfaces” (sem as aspas) e aperte o enter.

Algumas informações serão exibidas na tela e a que você deve procurar é a opção “Sinal”. Ali terá uma porcentagem referente ao sinal de sua internet. Caso esteja muito baixa, você pode ter sua conexão prejudicada.

Pelo smartphone

No smartphone, é possível conferir esses dados acessando as configurações do aparelho e checando o nível de intensidade ou fazendo o download de aplicativos disponíveis na loja de sua plataforma.

Qual o melhor site para testar a velocidade da internet?

O teste de velocidade é fundamental para saber se a internet oferecida pela sua operadora tem chegado em níveis aceitáveis e impostos pela lei. 


E a Vivo oferece uma ferramenta que realiza o teste Wi-Fi de maneira detalhada, para que você possa saber de todas as informações, não só da velocidade de sua internet, mas também o ping da sua rede e a taxa de upload.

Imagem da parte traseira de um modem wi-fi. Imagem da parte traseira de um modem wi-fi.

O que torna a internet lenta?

Algumas situações podem gerar lentidão em sua rede, fazendo com que você sofra para baixar e enviar arquivos ou realizar qualquer outra atividade que dependa da conexão. A seguir, vamos mostrar os principais motivos para isso acontecer.

Roteador mal localizado

Esse é um dos principais fatores que levam à lentidão de sua internet. O roteador trabalha com ondas de rádio que precisam de acesso livre para navegarem em sua área de cobertura. 

Portanto, caso ele esteja posicionado em um lugar com muitas paredes em volta ou outros obstáculos que impeçam a passagem do sinal, tais como: janelas de vidro, espelhos, equipamentos que emitem frequência, rede de água etc, sua conexão será prejudicada.

O mesmo acontece com a distância do roteador para o aparelho que receberá o sinal. Cada equipamento tem um nível de transmissão que permite que essas ondas viajem até determinada distância. Por isso, o ideal é que os receptores — computadores, tablets, smartphones, repetidores etc — fiquem o mais próximo possível do roteador.

Qualidade do roteador

E não adianta o roteador estar muito bem posicionado, se ele não tiver qualidade suficiente para entregar uma conexão boa e livre de problemas. Portanto, busque por marcas de confiança, caso for comprar um por conta própria e fique atento aos equipamentos fornecidos pelas operadoras de internet.

Imagem de um grupo de amigos usando diversos dispositivos conectados à internet. Imagem de um grupo de amigos usando diversos dispositivos conectados à internet.

Excesso de pessoas na rede

Muitas pessoas “penduradas” no roteador também é um fator que prejudica a qualidade do sinal, principalmente se várias delas estiverem baixando arquivos, jogando ou assistindo conteúdos online simultaneamente. Nesse caso, uma boa opção é buscar por um plano de internet mais adequado à sua demanda.

Por que a velocidade da internet varia tanto?

Diversos fatores contribuem para uma variação na velocidade de internet. Um deles é a quantidade de usuários simultâneos utilizando a rede, fazendo com que cada um utilize uma parcela da velocidade disponibilizada pela operadora. 

Caso esteja fazendo algum download, essa ocupação pode ser ainda maior, tendo em vista que o roteador vai priorizar essa atividade. Ou seja, quanto maior for a demanda do usuário, maior será a quantidade de internet destinada.

Outra situação que influencia na instabilidade é a rede da concessionária que presta o serviço de internet. Caso ela não seja bem estruturada ou faça parte de uma rede muito antiga, você poderá encontrar certa dificuldade de conexão em certo momento, principalmente em horários de pico, que é quando o tráfego aumenta.

Atualmente, a melhor opção de internet são os planos de fibra óptica, pois ela não sofre com oscilações provocadas por fatores externos na rede, como a passagem junto a outros componentes que causem interferência na frequência.

A distância do roteador para a caixa de distribuição externa também pode prejudicar a chegada do sinal. O ideal é que a sua rede percorra o caminho mais curto possível para chegar ao local da instalação, mantendo a latência em níveis aceitáveis para uma boa conexão.

Imagem de uma pessoa segurando um celular em frente a uma lousa com o desenho de sinal de wi-fi. Imagem de uma pessoa segurando um celular em frente a uma lousa com o desenho de sinal de wi-fi.

Como melhorar a internet lenta na rede Wi-Fi?

A melhor maneira de melhorar a lentidão de sua internet é mantendo seu roteador sempre livre de barreiras e o mais perto possível dos dispositivos que utilizam a internet. Você também pode controlar a quantidade de pessoas que estão utilizando a rede e, se for o caso, fazer configurações no modem para limitar algumas IP’s.

Além disso, é sempre importante realizar o teste Wi-Fi com frequência, para saber se sua internet está sendo entregue de acordo com o que foi contratado. Caso haja alguma incompatibilidade, entre em contato com sua operadora para expor a situação.

Manter seus dispositivos com as atualizações e manutenções em dia é outro fator que pode contribuir para melhorar a velocidade da internet. 

Escaneie seus equipamentos com frequência à procura de vírus ou malwares e faça uma limpeza de arquivos frequentemente para que sua capacidade de processamento não fique prejudicada.

Vivo Guru

Como melhorar o meu Wi-Fi?

Quer melhorar o Wi-Fi da sua casa? Siga essas dicas simples e aproveite ao máximo a sua internet Vivo!

LEIA MAIS:

Imagem ilustrativa de fibra ótica. Imagem ilustrativa de fibra ótica.

Como ter internet rápida com Wi-Fi?

Para garantir mais velocidade de internet com Wi-Fi, adote algumas das medidas a seguir:

  1. Posicione seu roteador o mais próximo do centro da casa e, de preferência, em lugares altos e livre de obstáculos, como espelhos, estruturas metálicas, paredes etc;

  2. Instale repetidores pela casa, caso ela seja muito grande ou você não consiga posicionar o roteador no centro dela. Assim, o sinal poderá percorrer toda a região, chegando com alta intensidade nos dispositivos;

  3. Se sua casa for de apenas um andar, posicione as antenas na vertical, favorecendo a distribuição do sinal. Caso tenha dois ou mais andares, o ideal é manter uma na horizontal e outra na vertical;

  4. Mantenha o roteador longe de outros equipamentos que emitem ondas eletromagnéticas, do contrário, eles causarão interferência na transmissão de sinal do seu equipamento;

  5. Mude a senha do roteador frequentemente, para evitar que pessoas não autorizadas “roubem” sua internet e sobrecarregue a rede. Além disso, essa medida de segurança impede que, além de utilizarem sua conexão, acabem acessando seus arquivos particulares.

O que fazer quando o Wi-Fi não conecta?

Caso seu Wi-Fi apresente algum problema de conexão, você pode, antes de solicitar o suporte junto a operadora, seguir algumas medidas para resolver por conta própria, como:

  1. Confira se, tanto o roteador quanto os receptores de sinal — tablets, computadores, smartphones etc — estão devidamente ligados e com o Wi-Fi ativado;

  2. Desligue seu roteador por 30 segundos e ligue-o novamente;

  3. Mude a frequência do seu roteador para eliminar a possibilidade de conflito com outros equipamentos que possam estar utilizando a mesma faixa — para fazer isso, consulte o manual do equipamento ou utilize o aplicativo Smart Wi-Fi, se a sua internet for da Vivo;

  4. Mude o roteador de local, reinstalando-o no ponto mais central da casa e, de preferência, no alto. E mantenhas as antenas na posição vertical para melhor distribuição do sinal;

  5. Restaure seu roteador para as configurações de fábrica. Isso pode ser feito pressionando o botão “Reset”, geralmente localizado na parte traseira do equipamento. Após isso, configure-o novamente para retomar o acesso.

Caso essas medidas não funcionem, será necessário entrar em contato com a operadora que fornece sua internet e solicitar uma assistência técnica para solucionar o problema o mais rápido possível.

Agora que você já sabe da importância de realizar frequentemente o teste Wi-Fi e de como uma internet de qualidade pode contribuir para uma boa conexão, é hora de conhecer um dos planos com ultravelocidade Vivo Fibra

Assim, tanto você quanto sua família poderão usufruir dos mais diversos conteúdos disponíveis na internet, de forma simultânea e livre de lentidão. Por isso, não deixe de conferir as opções.

Até a próxima!

LEIA MAIS: