Vivo dúvidas: Ligações Falsas

  • Empresa se passa por parceiro da Vivo para oferecer redução e/ou descontos na sua fatura. Após a confirmação de dados dos clientes, emitem boleto falso e orientam o pagamento. A Vivo não efetua esse tipo de ligação nem possui parcerias com empresas que oferecem serviços de redução de custos telefônicos. A sua fatura é enviada diretamente pela Vivo para o endereço cadastrado, havendo a possibilidade de envio online caso você prefira. Consulte saldos e faturas usando o Meu Vivo ou por meio do *8486  (ligação feita de celular) ou 10315 (telefone fixo).

  • O usuário recebe uma ligação, normalmente a cobrar e de um número com bloqueio de identificação. Uma pessoa se apresenta como funcionário de uma operadora de telefonia celular com nome, matrícula e até um número de protocolo de atendimento. Essa pessoa oferece a troca do seu celular por um modelo mais novo, de tecnologia, a um preço convidativo. Diz que o usuário foi contemplado com a promoção da operadora e que, para receber o novo aparelho em casa pelos correios, basta autorizar o pagamento do valor promocional via cartão de crédito. Em alguns casos, se o usuário recusa a oferta, o golpista força a troca do aparelho, afirmando que é obrigatória. 

    A Vivo esclarece que, embora entre em contato com seus clientes por celular, nunca liga a cobrar nem obriga seus clientes a realizar qualquer tipo de operação. Fique atento ao atender ligações de números não identificados no visor de seu celular e redobre sua atenção em ligações como essa. Em caso de dúvida, termine a ligação e informe-se com a Vivo a respeito das promoções vigentes. Se isso já aconteceu com você, avise a polícia o mais rápido possível. No caso de ter informado seus dados bancários ou de cartão de crédito, contate seu banco ou administradora do cartão imediatamente, solicitando as devidas providências. 

  • O usuário recebe a ligação de uma pessoa que se identifica como funcionário de uma operadora de telefonia celular e é informado que o seu chip encontra-se clonado. Com a falsa intenção de corrigir o problema, o golpista solicita que o usuário mantenha o celular desligado por uma hora. Nesse intervalo, os bandidos entram em contato com a família, alegando sequestro e solicitando algum tipo de resgate.

    A Vivo esclarece que, embora entre em contato com seus clientes por meio do celular, nunca solicita o desligamento do aparelho por longos períodos sob a alegação de manutenção ou atualização. A Vivo também ressalta que adota medidas de combate, prevenção e controle a fraudes, em constante atividade e aprimoramento, para garantir a extinção da clonagem e a tranquilidade dos clientes. As tecnologias usadas atualmente impedem qualquer tentativa de clonagem no momento em que se autentica o aparelho do cliente. Caso isso aconteça com você, avise seus familiares e amigos o mais rápido possível, bem como a polícia para a investigação do caso.

  • O cliente recebe uma ligação informando que foi contemplado na promoção Recarga Premiada e receberá um SMS com o código do MEU VIVO. Com o cliente em linha, o falso atendente pede para informar esse código e assim obtém acesso a todas as informações que constam na aplicação. É importante esclarecer que a Vivo não solicita esse código ou senhas. Até porque tais dados são pessoais, intransferíveis e não devem ser compartilhados nem mesmo com um atendente.

  • Uma empresa entra em contato com o cliente para oferecer instalação do serviço Internet Fixa e cobra por esse serviço.

    A Vivo nunca solicita aos clientes o número do cartão de crédito para pagamentos nem efetua cobrança de nenhum serviço por meio de débito em conta-corrente ou boleto à parte. Toda cobrança de valores relativos a serviços solicitados pelo cliente é realizada exclusivamente em sua fatura.