Está planejando viajar para fora do país? Então, anote aí: um dos detalhes importantes para verificar antes de ir — e que deve estar na sua lista de viagem — é a conexão do celular. Afinal, poder acessar a internet e fazer ligações é o que vai garantir uma estadia tranquila e segura, certo? Por isso, você precisa saber o que é roaming de dados e como esse serviço funciona.  

Conhecer os planos oferecidos pela operadora é essencial para não ter surpresas desagradáveis com a fatura do celular e conseguir manter as finanças em dia. Então, a gente resolveu descomplicar e responder dúvidas comuns sobre o tema. Veja só!

Homem de terno empurrando mala de viagem na rua enquanto usa o celular com roaming de dados Homem de terno empurrando mala de viagem na rua enquanto usa o celular com roaming de dados

O que é roaming de dados?

É o serviço que permite que você continue usando o chip do seu smartphone quando estiver fora da área de cobertura da operadora que contratou. 

Isso porque a linha do celular precisa de uma rede onde você está para se comunicar com a rede de origem, como se você estivesse na área de DDD local.

Assim, se você estiver em uma viagem nacional ou internacional e quiser manter o seu chip ativo para navegar e se comunicar com os amigos e familiares, basta selecionar o “Roaming de dados” nas configurações. 

Dessa forma, o seu chip entra na área de cobertura das operadoras locais, que têm infraestrutura para enviar o sinal de internet e telefonia para o seu aparelho.

É uma parceria entre a operadora do seu plano e a operadora do destino em que você está, entende? Com o intermédio das tecnologias, é possível continuar com o seu chip, em vez de trocá-lo toda vez que for viajar.

Para que serve o roaming de dados?

O roaming de celular também é chamado de itinerância, já que, toda vez que o aparelho se conecta a uma rede de internet e telefonia que não é a original, ele se comporta como um celular itinerante. Agora ficou mais fácil de compreender, não é? 

O serviço serve, portanto, para que o seu chip (e todas as informações registradas nele) possa ser acessado normalmente quando você está fora da área de cobertura de sinal da operadora contratada. 

Mas, como essa transação é uma parceria entre empresas que disponibilizam suas antenas locais, é claro que é cobrada uma taxa por isso.

Então, se você quer uma dica de viagem valiosa, lembre-se de se informar a respeito das tarifas da sua operadora para ativar o serviço e aproveitar toda a sua comodidade.

Mulher sentada no teto do carro com uma barraca em cima usando o celular com roaming de dados Mulher sentada no teto do carro com uma barraca em cima usando o celular com roaming de dados

Por que o roaming é tão caro?

Serviços diferenciados custam dinheiro, isso não é novidade, concorda? No setor de telefonia, ele custa mais do que a média das demais taxas, porque depende dos acordos e das parcerias firmadas com as operadoras locais, inclusive de outros países.

Para que você possa usar o seu smartphone com eficiência e sem nem perceber que está longe de casa, ainda entram na jogada eventuais empresas e prestadoras intermediárias, e tudo isso entra na conta.

Porém, não se preocupe, você não está sendo enganado. Existem órgãos que regulamentam e fiscalizam o serviço de roaming, de modo que os preços não sejam abusivos, ok?

O que é roaming nacional?

É exatamente o mesmo serviço, porém dentro dos limites geográficos do Brasil. Isso é, se você sai da sua cidade de origem e vai para uma região em que a sua operadora não cobre, ele é ativado, e você sempre terá cobertura nacional.

Mas preste atenção: você não está fazendo uso do roaming toda vez que sai da sua cidade, e sim apenas quando a sua operadora não tem infraestrutura para emitir o sinal na região. 

Se houver uma antena da sua operadora no lugar de destino, o seu aparelho simplesmente passa a atuar com esses sinais, entendeu?

Portanto, ele só entra em ação quando não houver uma antena da sua operadora na área em que você se encontra. Quando o seu aparelho precisar dos serviços de outra operadora, daí será necessário pagar tarifas para usufruir deles.

É importante esclarecer que o roaming de dados nacional não gera cobranças adicionais, de acordo com a Anatel. Isso significa que, em qualquer lugar do Brasil que você esteja, a sua internet não será cobrada a mais.

Agora, note que fazer ligações para outros estados é um pouco diferente. Ao fazer uma chamada de voz, quem sempre paga é quem está fora do DDD.

Ou seja, independentemente de ter recebido ou efetuado a ligação, se você estiver viajando, é você quem pagará pelo roaming de voz.

Casal encostado no carro numa praia enquanto usam o celular com roaming de dados Casal encostado no carro numa praia enquanto usam o celular com roaming de dados

O que é roaming internacional?

Chegando até aqui você já deve ter compreendido que o roaming de dados internacional é o serviço que permite que você continue utilizando o seu chip de celular em outro país.

É uma comodidade, para que você acesse as suas informações, faça ligações, navegue pela internet e envie mensagens de WhatsApp com o sinal de telefonia de uma empresa local, que não é a sua operadora contratada. 

Por causa desses acordos entre as empresas, as tarifas costumam ser mais altas que as demais taxas de telefonia.

O que é roaming aéreo e marítimo?

O Vivo Travel Aéreo é para quem não gosta ou não pode ficar sem comunicação durante um voo. Com ele, você tem SMS e minutos locais ou para o Brasil durante suas viagens de avião. 

Já com o Vivo Travel Marítimo, você usa seu celular em alto mar com SMS e minutos locais ou para o Brasil. 

Quem paga o roaming de dados?

O titular da conta é quem paga pelo uso do smartphone que está fora da área de cobertura. Como mencionamos há pouco, as ligações de voz são pagas por quem está fora da área, independentemente de ter efetuado ou recebido a chamada.

Aqui outro detalhe importante: o seu aparelho deve emitir uma notificação quando o serviço for ativado, hein? E ele só é ativado se você permitir isso. Então, fique de olho!

Homem na rua com o celular na mão usando roaming de dados enquanto faz turismo Homem na rua com o celular na mão usando roaming de dados enquanto faz turismo

Quais são as vantagens de ativar o roaming internacional Vivo?

Como você deve imaginar, quem é cliente Vivo tem um monte de vantagens. Assim é com o Vivo Travel. Entre os benefícios, você tem:

  • 50 minutos em ligações para telefones do Brasil ou do país em que você está viajando;
  • SMS ilimitado para receber e enviar mensagens;
  • Navegação pela internet no país de destino.

Os planos funcionam perfeitamente para você, já que, ao ativar o seu, é como se estivesse usando o seu celular no Brasil, entende? 

E, convenhamos, se você já escolheu o melhor pós-pago para o seu smartphone, o plano de roaming vai seguir na mesma linha de excelência, certo?

Então, se você é cliente Vivo V, Vivo Família ou Vivo Selfie, já conta com esse serviço incluído no pacote. Simples assim.

Quem tem plano Vivo Pré, Controle e Easy também pode aproveitá-lo enquanto estiver fora — mas, nesses casos, você paga pela quantidade de dados que usou, de forma avulsa. 

Muito bem, agora você já entendeu exatamente o que é roaming de dados e pode usá-lo sem preocupação, sabendo direitinho quanto vai pagar na fatura. É você no controle do seu plano Vivo.

Até a próxima!

Leia também: