Além de trazer controle financeiro e manter as contas em dia, economizar dinheiro é uma maneira prática para traçar metas, planejar sonhos e atingi-los em curto, médio e longo prazo.

A educação financeira contribui para irmos mais longe. E são os pequenos gestos que fazem uma diferença gigante no final do mês, ao término de um ano e em longo prazo quando, por exemplo, pensamos em comprar um imóvel, um carro ou até mesmo fazer a viagem dos sonhos.

Guardar dinheiro também é fundamental para o lazer: na hora de sair com os amigos para uma festa, para um restaurante, para praia ou se presentear com um videogame novo, aquela roupa do momento ou um bom tênis.

Pensando nisso, separamos dez dicas que vão te ajudar a economizar o seu dinheiro e planejar melhor o seu futuro!

1. Faça a portabilidade

Muitas vezes, pagamos uma grana em um plano de telefonia móvel que não precisamos. E aí descobrimos que existem planos mais em conta e cheios de vantagem. 

Para que você não fique em desvantagem, a portabilidade Vivo garante condições especiais para quem trouxer o número para cá.  Os clientes do plano Pós, por exemplo, ganham até 5 GB de bônus por 12 meses e ainda podem manter o mesmo número da operadora anterior

Se você optar pelo Vivo Controle e fizer a portabilidade pelo site, ganha até 2 GB de bônus por 12 meses. Com o Vivo Easy, é só baixar e instalar o app Meu Vivo para solicitar a mudança.

E com o Vivo Pré, você pede um chip na nossa loja ou pelo site da Vivo e ganha WhatsApp ilimitado. É muita vantagem, viu?

A portabilidade é gratuita, acontece a partir de três dias úteis depois de ativado o chip e a Vivo te dá um número provisório enquanto muda uma conta para outra.

O passo a passo da portabilidade


1. Emissão do pedido

2. Criação e aprovação do bilhete

3. Envio logístico

4. Habilitação provisória

5. Esperar a conclusão

 

Veja mais detalhes, acessando nosso infográfico no link abaixo:

Ilustração de uma mulher sentada à mesa, segurando uma caneca e um celular.

Principais dúvidas da portabilidade

1
Quem faz a troca do número?

Para uma portabilidade acontecer, a primeira etapa é enviarmos o pedido para a Entidade Administradora.

Esta empresa faz o processo de troca de números entre as operadoras (antiga e nova).

2
O que é um bilhete de portabilidade?

Quando a Entidade Administradora recebe o pedido, valida algumas informações e cria o chamado bilhete de portabilidade, avisando a operadora de origem do desejo do cliente de migrar para a Vivo.

3
Como acontece a aprovação da portabilidade?

Após a Entidade Administradora abrir o bilhete, a operadora de origem deverá aprovar o bilhete a partir de 2 critérios:

  1. Se o CPF informado para a Vivo é igual ao do titular da linha na doadora
  2. Se o número está ativo na outra operadora durante o processo de portabilidade

Fique atento!

Vale destacar que a operadora pode negar o pedido de portabilidade mediante os seguintes casos:

  • Caso o número não exista, não pertença a nenhum cliente da operadora ou seja de um número provisório

  • Caso os dados informados estiverem incompletos ou errados

  • Caso houver outro pedido de portabilidade para o mesmo número

  • Caso seja solicitada portabilidade para um serviço móvel com um número fixo

  • Caso o DDD informando seja diferente do DDD do número na operadora origem

  • Caso o CPF informado para a Vivo seja diferente do CPF titular da linha na origem

  • Caso o número tenha sido cancelado por qualquer motivo até a finalização da portabilidade

Quer saber mais sobre a portabilidade na Vivo? Então visite nossa página!

 

2. Cashback: economia nas compras

Imagem promocional do Vivo Itaucard.

Você já pensou em comprar um produto e conseguir uma parte do dinheiro da sua compra de volta? Pois isso existe e se chama cashback!

Com o cartão Vivo Itaucard, por exemplo, você ganha até 10% de cashback na próxima fatura, se comprar pelos canais Vivo

O Vivo Itaucard conta com a primeira parcela da anuidade grátis, tecnologia de aproximação para pagar as compras do dia a dia, além de 50% de desconto em cinemas e diversos parceiros, assim como uma prateleira de soluções financeiras para se organizar.

É muita economia e vantagens! Saiba mais sobre o cartão Vivo Itaucard aqui.

3. Anote tudo o que você gasta

Organização é tudo. Uma dica de ouro para continuar ou começar a economizar é anotar tudo o que gasta. Você pode fazer isso à moda antiga e anotar em um bloquinho, no celular ou em algum aplicativo – e existem vários incríveis para isso. 

Assim você sabe todos os seus gastos do dia a dia e no final do mês fica muito mais fácil de entender para onde o seu dinheiro está indo. É só dividir os seus gastos em categorias, como: supermercado, lazer e contas fixas, por exemplo, que isso já ajuda um monte!

4. Priorize as contas fixas

Quando o salário cai, a primeira coisa que a gente tem que fazer é pagar as contas fixas, pois além de evitar atrasos, você sabe o quanto sobra para as demais despesas. Foque então no aluguel, parcela do carro, conta de água, luz e telefone, que são as essenciais. Veja também o que é possível fazer para economizar nessas despesas.

5. Faça listas e mais listas

Imagem de uma pessoa no supermercado com uma lista de compras.

Na hora de ir ao supermercado, por exemplo, não se esqueça de fazer uma lista. Quando a gente sai para comprar as coisas de cabeça, sempre acaba levando algo que não precisava e deixa faltando algo que era muito necessário.

Com uma lista, você tem mais foco na hora de ir às compras e sabe exatamente o que está precisando. 

6. Diversão em casa

Que tal deixar o barzinho do final de semana para um encontro com os amigos em casa? Assim você pode cozinhar, todo mundo divide as despesas de mercado e ainda garante uma noite divertidíssima mais aquela economizada básica!

7. Foco na marmita

Quando se trabalha na rua, é muito comum ir comer em um shopping ou restaurante, mas os valores costumam ser bem mais caros do que se você cozinhasse. É por isso que levar marmita para o trabalho é uma maneira e tanto de economizar. Existem empresas, inclusive, que permitem trocar o Vale Refeição pelo Vale Alimentação, o que ajuda na hora de fazer as compras do mês no mercado. ;)

8. Cuidado com as assinaturas digitais

Imagem de um casal assistindo filme no notebook.

Em um mundo todo conectado, é difícil não ter algumas assinaturas digitais. Seja de revistas, jornais, Netflix, Amazon Prime Video, Disney+, Spotify... O que não faltam são serviços de assinatura.

Faça as contas e veja o que você pode dividir com os amigos. A maioria dos streamings permite de quatro a seis pessoas por assinatura. O plano familiar dos serviços de música também é uma mão na roda para dividir e economizar.

Com o Vivo Selfie, por exemplo, é possível montar o plano que é a sua cara: você pode optar por uma conta no Spotify, Netflix ou Disney+ que já vem junto com o seu plano pós-pago com o dobro de internet para curtir esse seu serviço de assinatura preferido, além do WhatsApp, ligações e mensagens ilimitadas, assim como internet pra usar em qualquer lugar das Américas quando precisar viajar. Uma boa, não é?

9. Adie grandes compras

Sabe aquela coisa de “preciso ter o carro do ano”, “tenho que viajar para tal lugar ontem” ou “aquele supercelular precisa ser meu agora”? Então, vá com calma. Além de precisar ver como grandes compras impactam o seu orçamento, às vezes esperar um pouquinho mais garante um mega desconto.

Vale também se perguntar se essa compra é urgente mesmo ou se você não pode esperar mais um pouco.

10. Escolha dias para não gastar

Essa última dica é mais firme. Escolha um dia por semana para não gastar nada. Sem comprar um docinho no caminho do trabalho ou sem aquele cafezinho diário, por exemplo. Organize essas datas no calendário e veja a diferença que faz.

No final do mês, quando você segue esses passos, a economia pode ser incrível e te ajudar a se planejar para as suas metas e sonhos

Viu como você pode economizar e ainda assim curtir vários benefícios? Então fique ligado nas próximas dicas e até breve!

LEIA MAIS: