14.05.21

Videochamada: saiba qual é a plataforma ideal para você

Com opções pagas e gratuitas, há cada vez mais aplicativos que disponibilizam o recurso de chamadas em vídeo.

Em tempos de pandemia, foi preciso que a criatividade e a tecnologia entrassem em cena para que pudéssemos ficar perto, mesmo longe. A realidade é que nunca estivemos tão conectados — e parte importante disso são as videochamadas.

O recurso já era utilizado por quem se comunica com pessoas e parentes que estão em outros estados ou países. Mas, recentemente, o uso dessa forma de comunicação se tornou muito mais abrangente.

Um exemplo disso são os típicos encontros presenciais que incluem desde o cafezinho com amigos até as reuniões de trabalho, que passaram a acontecer por meio de telas. Assim também foram comemorados os aniversários e outras datas importantes desde março de 2020.

Seja para uma conversa rápida ou um bate-papo sem hora para acabar, é importante saber que há muitas ferramentas que disponibilizam videochamadas. Aliás, cada uma delas oferece opções para facilitar essa comunicação, que pode ser pessoal ou profissional.

Além disso, embora a maioria tenha alternativas gratuitas, conforme aumenta a quantidade de pessoas na chamada ou o tempo pretendido, há planos mensais e anuais.

Para saber qual é a melhor opção para você, vale conhecer as principais plataformas e entender o que é preciso para evitar problemas no momento da call.

Assim, para te ajudar nessa escolha, neste artigo, você verá:

  • Ligação com vídeo pelas redes sociais
  • WhatsApp também faz videochamadas
  • Outras ferramentas focadas na comunicação
  • Skype e Zoom são focadas em reuniões com imagem
  • Mas, afinal, o que é preciso para realizar uma boa videochamada?
Mulher fazendo videochamada

Ligação com vídeo pelas redes sociais e WhatsApp

Muitas pessoas utilizam redes sociais, como Facebook e Instagram, para manter contato com família e amigos. Hoje, essas plataformas estão bastante integradas e, por isso, a forma de realizar uma videochamada em ambas é bem similar.

Uma ressalva importante é que em uma videochamada você fala com uma pessoa ou grupo de sua escolha. Por sua vez, isso é diferente de realizar uma transmissão ao vivo (ou uma live). Nesta última, você está em contato com todos os presentes na sua rede e, caso seu perfil seja aberto ao público, o alcance não se limita a seus amigos e seguidores.

Videochamada via Messenger

Para realizar uma videochamada no Facebook ou no Instagram, é preciso acessar o Messenger, seja por meio do smartphone ou no computador. A partir daí, há duas formas de iniciar uma conversa em vídeo:

  • Criar uma sala: uma das melhores opções para falar com um grupo de pessoas. É possível selecionar amigos ou deixar aberto para todos os seus contatos. No Facebook, basta clicar no símbolo de câmera no canto superior esquerdo e seguir as instruções de personalização. No Instagram, é preciso clicar em “Salas” ao lado de bate-papos.

  • Chamada privada: em ambas as redes, só é necessário selecionar o contato desejado e clicar no ícone de câmera para iniciar a chamada.

Após começar a videochamada, há outras opções disponíveis como ligar/desligar a câmera e o microfone, adicionar mais contatos à chamada ou ainda compartilhar tela.

 

WhatsApp também faz videochamadas

Sobretudo, o WhatsApp é um dos aplicativos atuais mais populares de mensagens de texto e áudio. Virou uma importante ferramenta cotidiana para trabalho, facilitando o contato com clientes e equipes. Sobretudo, é também o local que concentra grupos de famílias, amigos e coworkers.

Além disso, o app também oferece a opção de videochamadas privadas e em grupo (via Messenger, assim como Facebook e Instagram).

  • No celular: selecione o contato desejado e clique no ícone de câmera no canto superior direito. Assim que a ligação for atendida, há opções de usar câmera frontal ou traseira, entre outras. Para criar uma sala, é preciso ir na aba “Chamadas” e clicar no ícone de câmera no canto inferior direito.

  • No computador: é preciso baixar o aplicativo. Após o download e a instalação, o processo é o mesmo – selecionar o contato e clicar no ícone de câmera no canto superior direito.

Todavia, é bom lembrar que o aplicativo não é exclusivo para videochamada. Sendo assim, é bastante comum ter queda durante a ligação de vídeo. Principalmente, caso haja muita variação entre a qualidade de conexão dos participantes.

Skype e Zoom são focadas em reuniões com imagem

Outras ferramentas também bastante utilizadas para videochamadas são o Skype e o Zoom. Se o primeiro é um dos mais tradicionais aplicativos de vídeo, o segundo foi o grande destaque de crescimento durante a pandemia.

Imagem de Zoom

Ambas as plataformas podem ser utilizadas direto pelo navegador para reuniões e chamadas. Dessa forma, basta acessar o site, criar o link para videochamada e passá-lo aos convidados. 

Porém, também é possível baixar o aplicativo para celular ou computador. Isso é recomendado para quem deseja utilizar os serviços de videochamada com frequência. 

Imagem de Skype

Entretanto, o Zoom acaba focando mais no público corporativo, sendo a principal escolha para webinars, workshops e videoconferência com até 100 pessoas.

Já o Skype oferece também uma versão business e outros recursos de telefonia, como um plano de crédito para chamadas internacionais.

Diferentemente das redes sociais e do WhatsApp, tanto o Skype quanto o Zoom possuem foco na videochamada e, por isso, acabam sendo opções bastante populares. Pode-se esperar uma ligação contínua e com áudio e imagem de boa qualidade.

Conheça as plataformas profissionais de videochamadas

Nesse cenário de videochamadas, há ainda as opções de plataformas profissionais, nas quais existe inclusive uma maior preocupação com questões de segurança. É inegável que com o aumento do uso de recursos como esses, muitas novas ferramentas surgiram. Entre as principais, destacamos o Google Meet e o Microsoft Teams.

Imagem de Google Gmail

Google Meet

O recurso focado em videoconferências empresariais é integrado ao Google Workspace e ao Google Workspace for Education. Ou seja, quem utiliza serviços da companhia para trabalho, consegue agendar eventos direto pelo calendário ou e-mail. O Meet pode ser acessado via e-mail, direto pelo link da conferência ou por meio do aplicativo para celular.

Imagem de Google Gmail

Microsoft Teams

Integrado aos serviços do Microsoft 365, o Teams é uma plataforma bastante completa que suporta trabalho e ensino remoto. Oferece opção de chat, videochamada e até de compartilhamento de arquivos para trabalhar em colaboração – tudo com controle de acesso e políticas de administração. Afinal, a segurança digital é uma preocupação para todos hoje em dia.

Por fim, o Teams possui as mesmas facilidades que o Meet, porém conectado a recursos da Microsoft, como o Outlook. 

Além do uso gratuito, a plataforma também acompanha os pacotes para uso doméstico, para pequenas e até grandes empresas ou, ainda, para educação.

LEIA MAIS

O que é preciso para realizar uma boa videochamada?

É cada vez mais fácil realizar uma videochamada, mas há alguns pontos de atenção se você quer ter uma boa experiência.

Só para exemplificar, o uso de um computador ou smartphone antigo pode impactar na imagem, uma vez que a câmera terá alta resolução. Além disso, é indicado utilizar bons fones de ouvido, que forneçam um áudio claro e sejam confortáveis. 

Porém, em primeiro lugar, é preciso pensar na conectividade, pois ela é um elemento-chave para esse tipo de comunicação. Vídeos cortados, áudio atrasado e queda da ligação são problemas comuns em videochamadas e que são ocasionados justamente por problemas na conexão.

Atualmente, há redes rápidas disponíveis em todo o Brasil, tanto fixas quanto móveis. Inclusive, a quinta geração de conexão móvel, o famoso 5G, está chegando ao país e logo mudará muito a conectividade como um todo. 

Já para quem busca opções de internet fixa, a banda larga com fibra óptica tem sido uma opção popular devido à ultravelocidade oferecida. A Vivo Fibra, por exemplo, tem pacotes de até 600 Mega com Wi-Fi grátis e serviços digitais. 

Entretanto, antes de escolher seu plano, vale analisar quais as principais atividades no dia a dia e até quantas pessoas terão acesso à rede. Assim, é possível evitar ter recursos sobrando ou faltando. Inclusive, você pode conferir a velocidade da sua internet hoje aqui. 

Além de conexão e equipamentos, para realizar uma boa videochamada só falta escolher a plataforma. 

Como mostramos neste artigo, não há uma escolha ideal para todos. Porém, existem diversas opções que podem se alinhar mais à sua preferência e às necessidades dos participantes da ligação. 

Até a próxima e boas videochamadas!