O que é controle parental da internet?

O mundo está cada vez mais conectado. Nesse cenário, crianças e adolescentes têm a vantagem de aprender e se divertir em um universo online com infinitas possibilidades.

Porém, esse ambiente virtual que proporciona tanto conhecimento e entretenimento é também cheio de armadilhas.

Nesse sentido, cabe aos responsáveis controlar o acesso, garantindo a segurança na internet e, ao mesmo tempo, mantendo a privacidade dos menores. É o chamado controle parental.

Equação difícil de balancear, não é mesmo? A linha entre o cuidado e a invasão da vida dos filhos é tênue e deve ser olhada com cuidado.

Por isso, é preciso fortalecer a relação de confiança com eles, mostrando os motivos da preocupação e que eles podem – e devem – comunicar sobre qualquer situação estranha na internet.

Imagem de filha usando notebook vigiada pela mãe

Como controlar o acesso dos filhos à internet

Fale a verdade para o seu filho, explique sobre os perigos, mostre que não se trata de curiosidade sobre as atuações deles no mundo virtual, mas de proteção em relação a crimes e ameaças importantes. A ideia é propor uma parceria para garantir essa blindagem.

E os riscos são reais e pedem olhares atentos dos responsáveis. Entre os casos mais preocupantes estão:

  • Pedofilia;
  • Extorsão de menores;
  • Cyberbullying;
  • Jogos perigosos.

Quem não se lembra da Baleia Azul, que incitava o suicídio? Isso sem contar os prejuízos do acesso a conteúdos impróprios para menores. 

Assim, vale estipular regras, como horários para acessar a internet, tempo de permanência no mundo virtual, e avisar que ativará o controle parental nos equipamentos

É importante agir com honestidade e clareza, sem constrangimentos, provando que não deseja controlar a vida deles, mas, sim, protegê-los. 

Além disso, é fundamental incentivar o convívio social na casa, mesmo nos horários em que o uso da internet é liberado. 

Crianças e jovens trancados no quarto são mais propensos a cair em armadilhas virtuais e a falar com pessoas perigosas. 

Pensando nisso, dê espaço e liberdade para que estudem, divirtam-se, interajam no mundo virtual na frente da família, sem interferências. 

Os planos de internet Vivo Fibra atendem às diversas necessidades de toda a família, com estabilidade de conexão para você fazer o controle parental de qualidade, maior desempenho para jogos online, downloads de fotos, vídeos, aplicativos para curtir filmes e séries online e muito mais. 

Imagem de pai vigiando filhos jogando videogame

Tecnologia é aliada da segurança

Para garantir a proteção, a tecnologia também dá aquela força! Os computadores já possuem mecanismos que ajudam a controlar o acesso das crianças.

No Mac, por exemplo, o painel de controle permite que o adulto configure um usuário personalizando aplicativos e conteúdos, filtros e limitações de transações de e-mails e mensagens, bloqueio da câmera, entre outros. 

O Windows também segue nessa linha com a ferramenta Windows Family Safety, que não permite acesso a conteúdo online inapropriado. Os responsáveis podem escolher os sites que serão travados e definir as filtragens, modificar a navegação, solicitar relatórios de atividades realizadas, definir o tempo de uso etc.

Tudo isso também é possível de ser configurado nos smartphones, tablets e demais dispositivos eletrônicos com acesso à internet.

Já para as crianças menorzinhas e menos exploradoras das tecnologias, a dica é deixar instalado apenas o Youtube Kids no dispositivo.

Por lá, é possível determinar a idade do pequeno que terá acesso e, assim, o app direciona vídeos mais apropriados para aquela determinada faixa etária.

Outra preocupação é em relação aos pequenos que curtem os games online e passam horas mergulhados nesse universo.

Pensando em protegê-los, algumas empresas já estão oferecendo configurações de segurança. O Playstation, por exemplo, tem controle parental, permitindo configurações de restrição por faixa etária, limites de consumo e controle na comunicação com outros jogadores.

Imagem de pai vigiando celular de filha

Os melhores apps de controle parental

Alguns aplicativos ajudam os responsáveis nesse cuidado com o acesso dos filhos, limitando e trazendo informações importantes da navegação dos pequenos.

Listamos aqui os melhores, os mais eficientes e usados nos últimos tempos. Confira só nossa seleção!  

Google Family Link

Gratuito e indicado para controlar o uso da internet por menores de 13 anos, essa ferramenta consegue filtrar aplicativos por faixa etária e controlar o tempo de uso das crianças.

O app ainda gera relatórios para que você consiga acompanhar o que foi assistido pelos pequenos. Além disso, com as notificações, também é possível permitir ou não o download de novos aplicativos, além de gerenciar compras e ocultar apps no dispositivo dos seus filhos.

Disponível nas versões Android e iOS.

AppBlock

É específico para bloquear aplicativos e sites que você considere inadequados.

Além disso, é possível deixar apps e sites inacessíveis em períodos estipulados, como na hora das aulas ou dos estudos das crianças e adolescentes.

Também é gratuito, mas disponível apenas para Android.  

Screen Time

Este é mais focado em controlar o tempo de exposição das crianças às telas.

A versão gratuita ainda tem recursos como relatório de uso, histórico de busca e notificações caso haja tentativa de instalação de apps.

Já a paga permite bloquear aplicativos e sites em horas pré-determinadas.

Versões disponíveis para Android e iOS.

ESET Parental Control

A versão gratuita oferece a possibilidade de determinar permissões de acesso a apps e supervisão a atividades infantis. Também dá para configurar o tempo limite para jogos e acessos no dispositivo.

Já a premium permite bloqueio de sites por meio de endereço ou categoria determinada. Os responsáveis ainda podem fazer uso de mensagens que pedem confirmação de recebimento para que os pequenos possam continuar navegando.

Disponível para Android e iOS.

Kaspersky Safe Kids

Tem planos pagos ou gratuitos e funções similares ao ESET, como filtro de conteúdo, gerenciamento de uso, restrições por faixa etária, limite de tempo de exposição à tela, entre outros.

Entretanto, esse app ainda permite o bloqueio de pesquisas no YouTube consideradas prejudiciais ou perigosas aos menores. Além disso, a ferramenta permite monitorar as atividades no Facebook.

O app pode ser baixado para Android, iOS, Windows ou Mac.

Imagem de home com filho pequeno

Comunicação é a chave-mestra

É claro que o controle parental é fundamental e deixa qualquer responsável mais tranquilo em relação à segurança das crianças e adolescentes, porém, mais que fiscalizar, é preciso conversar.

As novas gerações já entenderam a dimensão da internet e compreendem que há perigos concretos. Nesse sentido, vale sempre reforçar a importância da navegação segura, falar abertamente sobre os riscos, sobre o que é preciso evitar e como se proteger no ambiente virtual.

Por fim, sempre é bom deixar o canal de comunicação aberto, sem repreensões, pedindo que as crianças e os adolescentes reportem comportamentos estranhos aos responsáveis. Construir uma relação baseada na confiança é fundamental.

A tecnologia nunca será problema se soubermos fazer bom uso dela. E essas lições vêm de casa, com muita conversa e confiança.

Quer aproveitar o melhor da internet com sua família? A Vivo tem planos que atendem a todas as necessidades.

E, nesse sentido, uma boa dica para sua família compartilhar a conexão, que se mantém rápida e estável, é o Vivo Fibra, com ultravelocidade de até 600 Mega, Wi-Fi grátis e diferentes serviços digitais.

Ofereça o que a internet tem de melhor para todos da sua casa e com total segurança.

Até breve!

Leia também: