Hoje, é muito difícil encontrar alguém que nunca tenha comprado nada pela internet, não é mesmo? E falar em compra pela internet é muito mais que só entrar em um site no computador e fazer o pedido.

Comprar na internet, por exemplo, é usar o iFood, encomendar um remédio da farmácia pelo Rappi ou até mesmo escolher máscaras pela Shopee.

Aqui, você vai descobrir tudo sobre essa função que, cada vez mais, os brasileiros estão usando e ainda como deve se proteger de possíveis fraudes e golpes. Vamos lá?

Como funciona a compra pela internet?

Imagem de um casal fazendo compras pela internet.

Existem várias maneiras de comprar pela internet. Por exemplo, a mais clássica é sentar-se na frente do computador, abrir um site e selecionar “comprar um produto''. Para fazer essa compra, geralmente, é necessário fazer um cadastro na loja com as suas informações pessoais como nome, CPF, telefone e endereço.

Dependendo do site, é possível fazer o pagamento por boleto, Pix, cartão de crédito ou débito dependendo do que funciona melhor para você.

Geralmente, os pagamentos por cartão de crédito ou cartão de débito são os mais rápidos para aprovar, enquanto o boleto pode demorar até três dias úteis. 

O Pix, que ainda é novidade no Brasil, ainda está sendo implementado, mas pode ser uma solução que garante bons descontos, uma vez que o dinheiro sai da sua conta direto para a da loja ou do empreendedor. Demais, né?

Quando comprar pela internet?

Antes era muito comum que as pessoas preferissem ir até uma loja física para fazer uma compra. Atualmente, com tantas lojas oferecendo frete grátis e condições especiais pela internet, é sempre bom dar uma olhada online.

Outro costume era rodar várias lojas para saber a diferença de preço entre um produto e outro, como um calçado, camisa ou bolsa. Com a internet, existem diversos sites que fazem esse monitoramento em tempo real do produto que você quer, além de dizer quando ele atingiu o preço mais baixo, mais alto e te alertar quando o item estiver no valor que você acha justo pagar. 

Essas facilidades são uma mão na roda, já que tudo está a alguns cliques da palma da nossa mão, não é mesmo?

Ah! E tem até loja que envia peças a mais para que a pessoa possa experimentar em casa, como números diferentes de calças, camisas e calçados. Depois é só devolver. Demais!

Imagem de uma mulher comemorando feliz ao fazer compras pela internet.

Qual o prazo para entrega de um produto comprado pela internet?

Agora, é preciso ficar de olho no prazo de entrega de um produto comprado pela internet. Grandes centros de distribuição, como as cidades de São Paulo e Rio de Janeiro, costumam contar com entregas muito rápidas, às vezes de um dia para outro.

Quem mora em outras regiões ou cidades, às vezes precisa esperar um pouco mais até o produto chegar. Então, além de verificar o custo-benefício de uma compra online, também é preciso ver se vale a pena esperar o tempo de entrega, uma vez que pode ter uma loja pertinho e você já sai com o produto na mão hora.

Outro ponto importante a se levar em conta é o frete a pagar. Geralmente, as lojas oferecem algum desconto na primeira compra ou ao colocar o seu e-mail em uma lista de ofertas. Isso também ajuda a fidelizar o cliente ou, pelo menos, dar um desconto no valor total do produto.

Também existem sites que estão sempre de olho nos cupons disponíveis nas lojas mais procuradas, assim você pode conseguir 10% de desconto, frete grátis ou outro desconto na hora de fazer uma compra. Demais, né?

Imagem de uma mulher recebendo uma encomenda em casa.

Quais cuidados devo ter ao comprar pela internet?

Comprar pela internet é tudo de bom, mas é preciso tomar alguns cuidados. Como já dizia o ditado: quando a esmola é demais, o santo desconfia. Ou seja, não é porque você achou um item com mais da metade de diferença do valor na loja, que de fato ele é original ou vai chegar exatamente como você pediu.

Por isso, é fundamental ficar de olho na loja em que você está comprando, se ela tem reclamações, se existe, quais são as avaliações, e se o pós-venda é bom. Essas são dicas fundamentais.

Veja como se proteger ao fazer compras online!

Conferir se o site é seguro

Imagem representativa de um hacker usando um celular e um computador.

Na internet, o óbvio precisa ser dito, portanto é fundamental que você verifique se o site é seguro. Mas, como fazer isso?  O primeiro passo é ficar de olho na descrição do indicador e o segundo é ver se o começo do site tem “https”.  

Esse protocolo de rede garante mais segurança, o que dificulta o roubo de dados. Além disso, verifique se você realmente está no site correto. Grandes varejistas, por exemplo, também são alvos de muitas tentativas de hackers. Veja se o site está escrito correto, se é o mesmo divulgado em redes sociais, OK?

Evite usar o seu e-mail principal e mesma senha em todos os cadastros

Ter um e-mail específico para fazer compras pela internet não só garante que você proteja aquele seu e-mail principal, como evita spam e que dados importantes vazem. Usar uma senha diferente daquela que você usa no Facebook, no Instagram ou no celular também é muito importante para evitar ataques hackers.

Crie cartões virtuais para fazer compras online

Imagem de um homem feliz usando o celular.

Hoje, a maioria dos bancos oferecem a possibilidade de criar um cartão virtual com prazo de validade de pouquíssimo tempo, como 48 horas. Isso garante que ao fazer a compra no site “X”, por mais seguro e confiável que ele seja, caso alguém consiga acessar seus dados do cartão, a informação já vai estar desatualizada. Nada melhor que essa tranquilidade, não é?

Essa é uma maneira de você proteger o seu cartão e fazer as compras com mais tranquilidade. Você também pode usar o Samsung Pay, Google Pay ou Apple Pay, pois apesar dele utilizar o seu cartão, cada transação cria um número de cartão diferente para garantir a sua segurança. Muito tecnológico, né?

Compare preços, desconfie e veja quem está vendendo

Como já falado, verifique os preços de um produto. Veja a média entre os principais sites, algo que o próprio Google já te mostra, e escolha aquele que você achar que é melhor, seja pelo frete, pelo prazo de entrega ou condições de pagamento.

Na dúvida, verifique o CNPJ da empresa, as reclamações sobre ela no Reclame Aqui e até os comentários das pessoas.

Outra coisa importante para ficar de olho é nos marketplaces de lojas grandes. Um marketplace é uma maneira de um pequeno vendedor vender em um site grande e de uma loja grande oferecer ainda mais opções de produtos. Apesar disso, nem sempre é possível garantir que o produto é exatamente como anunciado. Portanto, desconfie de valores muito baixos e de avaliações ruins. 

Use apenas seu computador ou celular

Imagem de um homem escaneando um código na tela do notebook.

Tem coisas que não dá para compartilhar com ninguém. O celular e o computador são duas delas. Na hora de fazer uma compra online, já que envolvem informações pessoais e confidenciais, como o seu CPF e o número de cartão, use sempre seu computador ou celular, tá?

Segurança em primeiro lugar

Para garantir a sua segurança, todo cuidado é pouco. É por isso que temos dez dicas para você proteger os seus dados, o que vai garantir ainda mais tranquilidade na hora de fazer compras onlineDá uma olhada aqui.

Ah! E você sabe o que é um malware e como se proteger dele? Dá uma olhada aqui nessa matéria que te explica como esse vírus funciona e todos os cuidados que você precisa saber. 

Anote bem essas dicas e boas compras. 

Até breve!

LEIA MAIS: