Já aconteceu de você querer instalar um aplicativo ou registrar um momento em vídeo ou foto e não conseguir por causa da pouca memória do smartphone? E, para resolver o problema, precisou apagar arquivos antigos às pressas sem saber se conseguiria recuperá-los? Temos uma notícia para você: é possível liberar espaço no celular, sem perder nadinha.

Maravilha, não é? Afinal, não adianta escolher um modelo com a melhor câmera de celular e não aproveitar toda a experiência de mídia que o aparelho proporciona. 

Aliás, falando em mídia, sabia que todas aquelas imagens de “bom dia” no grupo da família e os incontáveis áudios que os amigos enviam no chat também ocupam um espaço considerável na memória do celular? Pois é! E não tem jeito, a solução é fazer uma limpeza de tempos em tempos.

Então, continue com a gente e veja só as dicas que separamos para você aprender como liberar espaço no celular!

Imagem de memory card

O que é a memória do celular?

É bem comum as pessoas confundirem a memória RAM com o armazenamento interno do celular. Mas a gente descomplica, veja só.

Memória RAM

A memória RAM é um componente de hardware do celular, utilizado para realizar operações. A sua função é armazenar dados temporariamente e levá-los ao processador para serem lidos, melhorando a eficiência ao acionar os aplicativos. 

Assim, quanto maior a capacidade de memória RAM, mais rápido o smartphone deve responder. Essa é uma informação importante que define o desempenho do aparelho. Então, se você está na dúvida de como escolher um celular gamer, por exemplo, fique de olho nesse número — quanto mais memória RAM, menos chances de o jogo travar.

Memória de armazenamento interno

A memória de armazenamento é a capacidade do aparelho de guardar arquivos, como fotos, vídeos, músicas, documentos, aplicativos, entre outros. Dessa forma, quanto maior o armazenamento interno do smartphone, mais aplicativos e arquivos caberão nele. 

Tal como a memória RAM, esse dado também deve ser levado em conta na hora de escolher o celular. Se você usa o aparelho para trabalhar, é importante contar com bastante espaço, mas, se quer um dispositivo para uso pessoal, talvez um com capacidade menor de armazenamento tenha melhor custo-benefício.

No geral, a memória interna dos celulares varia entre 32 GB e 512 GB. Todavia, já existem modelos no mercado com até 1 TB de armazenamento interno, como o Samsung Galaxy S10 Plus.

Além disso, diversos aparelhos permitem que o usuário expanda esse espaço, com o uso de cartões de memória. Mas não são todos, a Apple, por exemplo, nunca incluiu essa alternativa no iPhone.

Memória externa

Note que a memória RAM e a memória interna trabalham juntas. Isto é, quando você instala um aplicativo, ele fica salvo na memória interna, mas quando você toca no ícone para abrir e executá-lo, a memória RAM entra em ação. 

Então, caso o espaço de armazenamento do seu celular esteja reduzido, você tem a opção de aumentá-lo com o uso de um cartão de memória externa (se o modelo do aparelho permitir, claro). 

Esses dispositivos variam em capacidade de armazenamento, tamanho físico e velocidade, sendo os cartões microSD e miniSD os utilizados em smartphones e tablets.

LEIA MAIS:

Imagem de smartphone

O que mais ocupa espaço no celular?

Celular novinho é aquela maravilha, não é mesmo? Você usa todos os aplicativos com facilidade, grava vídeos e tira fotos sem preocupação e abre arquivos rapidamente — tudo com respostas imediatas do aparelho.

Passam alguns meses e você percebe uma diferença. Alguns aplicativos demoram para abrir e a navegação entre eles já não parece tão ágil. Lá pelas tantas, o aparelho notifica que você está com pouco espaço de armazenamento e que é preciso liberar.

Afinal, o que tanto ocupa espaço na memória do celular? Veja só:

  • Sistema operacional: isso mesmo, o próprio sistema operacional ocupa espaço na memória interna. Não há nada que você possa fazer quanto a isso, apenas verificar nas configurações o real espaço que tem disponível;

  • Vídeos, fotos e arquivos: todos os registros feitos por você ou recebidos via WhatsApp vão ocupar uma parte da memória interna. Quanto maior a resolução da mídia, mais espaço ela vai usar;

  • Músicas e vídeos com acesso offline: sabe aquela opção de salvar vídeos e músicas para assistir ou ouvir offline que os aplicativos de streaming, como a Netflix e o Spotify, oferecem? Ocupam espaço na memória também;

  • Informações em cache: cache é um tipo de memória temporária. Alguns aplicativos (especialmente as redes sociais, como Facebook, Instagram e Twitter) a utilizam para tornar a navegação mais rápida, mas, com o tempo, essas informações ocupam espaço na memória interna;

  • Funções de aplicativos: alguns apps oferecem a opção de salvar no celular as fotos e os vídeos postados nas redes, a exemplo do Instagram. Fique de olho, pois isso pode resultar em arquivos duplicados;

  • Mensagens e conversas: toda mídia que você recebe via WhatsApp ocupa espaço de armazenamento interno, inclusive os gifs brilhantes de bom dia que sua tia envia e os incontáveis áudios que os amigos mandam no grupo. 

Imagem de smartphone

Como liberar espaço no celular?

Muito bem, agora que você já sabe quais são os tipos de memória do smartphone, está na hora de conhecer algumas dicas de como liberar espaço do celular. Veja só!

 

Desinstale aplicativos desnecessários

Lembra quando você comprou o celular e o encheu de aplicativos? Passou o tempo, você nem os acessa mais, mas eles continuam lá, ocupando espaço. Então, dê uma olhada geral no seu aparelho e desinstale tudo o que não for necessário no momento.

Se você tiver um iPhone, vá em:

  • “Ajustes”;

  • Depois em “Geral”;

  • Então, em “Armazenamento do iPhone”.

Lá, terá uma lista com os aplicativos que mais ocupam a memória interna e a frequência com que os utiliza. Você pode apagar os que não quer mais ali mesmo, é só clicar em “Apagar app”.

Agora, se o seu celular é Android, abra:

  • O Google Play;

  • Vá em “Meus apps e jogos”;

  • Depois, em “Instalados”;

  • Aí, clique em “Neste dispositivo”;

  • Por fim, em “Usados por último”. 

Agora, é só escolher o que deseja remover do celular.

Armazene fotos e vídeos na nuvem ou em um HD externo

A quantidade de fotos e vídeos que fazemos hoje em dia é imensa, não é mesmo? Só que os smartphones têm espaço limitado, mesmo que você expanda com o uso de um cartão de memória. 

Você não precisa apagar suas mídias para sempre para liberar espaço no celular. Basta enviá-las para a nuvem, em aplicativos como o Google Fotos e o Dropbox

Depois de movê-las, você pode apagá-las do aparelho, liberando mais memória. Assim, pode acessar fotos e vídeos na nuvem a qualquer instante, é só baixar no seu celular.

Ainda há a opção de salvar seus arquivos em um HD externo. Existem modelos de variados tamanhos, que você conecta por meio de entrada USB simples.

Imagem de homem usando smartphone

Limpe a memória de cache dos aplicativos

Como explicamos, o cache é uma memória temporária, que serve para agilizar o acesso aos serviços. Quando você clica em um aplicativo e ele já abre na última página que fechou, é o cache que guardou uma cópia dos dados armazenados.

Essa eficiência é boa, mas, com o tempo, ocupa espaço no aparelho. Dependendo da versão do Android do seu smartphone, a limpeza de cache pode ser acessada em:

  • “Configurar”;

  • “Armazenamento e UBS”;

  • “Interno”;

  • “Dados de cache”, ou em “Configurar”;

  • “Aplicativos”, ou “Apps e configurações”;

  • “Armazenamento”;

  • “Limpar cache”.

Se você tem um iPhone, é importante limpar o cache do Safari, já que o aparelho salvou no histórico todos os dados e sites que você acessou. Para liberar espaço, vá em:

  • “Ajustes”;

  • Depois, em “Safari”;

  • Ao final da página, clique em “Limpar histórico e dados de sites”.

Remova mídias do WhatsApp

Como dissemos, todas as mídias que recebemos e compartilhamos neste app de mensagem ficam guardadas na memória do aparelho, ainda que a gente opte por não salvar as fotos e os vídeos recebidos. Uma alternativa para não ocupar tanto espaço é selecionar a opção de não baixar automaticamente esses dados. 

Para isso, vá para as configurações do aplicativo:

  • Clique em “Uso de Dados e Armazenamentos”;

  • E verifique as opções em “Download Automático de Mídias”.

Agora, para apagar o que já está salvo, se você tem um iPhone, abra a conversa que quer apagar, clique no nome do contato, role a página até o final e, então, em “Limpar conversa”. No Android, abra o chat, selecione os “três pontinhos”, vá em “Mais” e “Limpar conversa”.

Caso você queira uma limpeza mais radical, é só ir em “Ajustes/Configurações” no menu principal do app, clicar em “Conversas” e selecionar a opção “Limpar todas as conversas”. Depois disso, o WhatsApp apaga todas as mensagens e mídias de todos os chats que estavam salvos no app.

 

Imagem de homem usando smartphone

Apague mensagens de texto antigas

Nem só fotos, vídeos e gifs ocupam espaço, as mensagens de texto enviadas e recebidas em aplicativos como WhatsApp, Telegram e Messenger também lotam a memória do celular. Aí não tem jeito, é preciso limpar o histórico mesmo de cada conversa que você tem.

No iPhone você tem a opção de escolher por quanto tempo deseja manter as mensagens. É só ir em “Ajustes”, na sequência clicar em “Mensagens” e rolar a tela até encontrar “Manter mensagens”.

Depois de clicar em “30 dias”, vai aparecer um alerta perguntando se você deseja mesmo apagar as demais mensagens. Clique em “Apagar” e libere mais espaço no seu celular.

Utilize o navegador para as redes sociais e outros aplicativos

Os aplicativos servem para facilitar e agilizar o acesso às suas funcionalidades, mas ocupam muito espaço na memória dos smartphones. Exemplos disso são os apps de redes sociais, de exercícios físicos, de notícias, entre outros.

Para quem os usa com frequência, é melhor mantê-los instalados mesmo e liberar espaço no celular de outras formas. Porém, se você acessa algum desses aplicativos vez ou outra apenas, vale a pena desinstalar o app e acessá-lo por meio do navegador do celular. 

Apenas se lembre de limpar o cache de vez em quando, ok?

Otimize o tamanho dos arquivos

Por fim, você pode alterar o tamanho dos arquivos. Captar imagens e registrar vídeos em alta resolução ocupam memória, já que os arquivos têm mais dados para armazenar.

Então, nas configurações da câmera do seu celular, basta selecionar a resolução mais baixa para poupar espaço. Ainda existem aplicativos que compactam vídeos e fotos, reduzindo a resolução e liberando memória no aparelho.

Entretanto, se essa não é uma opção para você, considere a dica de jogá-los na nuvem ou em um HD externo.

Além dessas dicas de como liberar espaço no celular, também selecionamos na Loja Vivo alguns modelos de celulares com grande capacidade de armazenamento interno:

Confira outros lançamentos na Loja Vivo e aproveite.

Até a próxima!

Leia também