A tecnologia está aí para tornar as coisas cada vez mais fáceis e simples. E essa é a ideia por trás de uma das últimas tendências no comércio, em lojas físicas ou virtuais: o pagamento via QR Code. Afinal, nada pode ser mais ágil. Basta apontar a câmera do seu celular para o código que aparece na tela do computador ou no terminal de vendas e o pagamento está feito. Sem precisar pôr a mão no bolso ou abrir a carteira.

É uma prática que vem ganhando força mundo afora, sobretudo depois do início da pandemia (reduzir o contato físico tem sido essencial para impedir a circulação do vírus). No Brasil, tal tecnologia se destacou ainda mais depois da disponibilização das transações via Pix (falaremos disso mais à frente). 

E você, já testou? Quer saber como funciona na prática e quais são as vantagens? Siga conosco por aqui, pois traremos todos os detalhes. Boa leitura!

QR code QR code

O que é QR Code?

A sigla “QR”, em inglês, significa Quick Response, o que em tradução livre significa algo como resposta rápida. Criados em 1994, são códigos bidimensionais, formados por caixas pretas e brancas, que podem conter muitas informações pré-definidas.

Em suma, são informações de endereços de páginas da web a SMSs e números de telefones. 

No comércio, eles contêm um resumo completo da transação. Por isso, é possível fazer o pagamento QR Code apenas com a câmera do celular

Ao adquirir algo, os sistemas automaticamente geram esse código. Depois, basta usar o smartphone para finalizar o procedimento rapidamente — e com total segurança.

Como é gerado um QR Code?

Os criadores do QR Code disponibilizaram a tecnologia para domínio público. Ou seja, qualquer pessoa pode usá-la sem ter que pagar direitos ou algo do gênero, o que tem sido muito útil para diversas lojas e empresas em geral. 

Aliás, o procedimento para ter um é muito simples. Os códigos são gerados através de ferramentas disponíveis online, seja em aplicativos específicos ou até mesmo dentro das redes sociais (Instagram e Twitter têm essa possibilidade, por exemplo). 

Tais sistemas transformam as informações existentes em imagens bidimensionais de leitura rápida. Todas elas podem ser lidas por dispositivos móveis, o que torna o seu uso ainda prático.

 

Celular sendo segurado por duas mãos e lendo um QR code Celular sendo segurado por duas mãos e lendo um QR code

Quanto tempo dura um QR Code?

Não há uma validade específica. Uma vez gerado, o código fica disponível e funcionará caso o conteúdo dele ainda esteja no domínio que o acomoda. 

Ou seja, se o site mudar de endereço, quando você apontar o celular para ler o QR Code, não terá mais acesso às informações contidas ali.

O mesmo acontece com os pagamentos. Se os dados já tiverem expirado ou mudado de página, provavelmente o procedimento não dará certo.

Como funciona o pagamento com QR Code?

É muito simples. Ao ter acesso ao código, basta:

  1. Abrir o aplicativo do seu banco;
  2. Ir até a opção de "Pagamentos";
  3. Em seguida, escolha a leitura por QR Code;
  4. Aponte a câmera do celular para ele. 

As informações serão escaneadas automaticamente e o pagamento acontecerá em questão de segundos. Bem prático, não?

Pagar com QR Code é seguro?

Sim! Porém, como em qualquer transação, é preciso prestar atenção: se o valor sendo cobrado é o mesmo e se os dados de pagamento estão certos. 

É igual quando a gente recebe uma cobrança por código de barras. O código é verdadeiro, mas é preciso ficar de olho se o cobrador é o mesmo.

Para autenticar uma transação, você precisa usar algum aplicativo, como o do seu banco. Ou seja, nada acontece se você não entrar no app da instituição financeira, autenticar o uso e aí sim fazer o pagamento.

Inclusive,  pagar por QR Code é não só seguro como vantajoso para o cliente e para o varejista. Isso porque pagar com cartão de crédito tem uma taxa alta para o vendedor e não cai na hora, enquanto o pagamento QR Code é quase que instantâneo, é dinheiro na conta na hora.

QR code com um celular ao lado com o QR code na tela QR code com um celular ao lado com o QR code na tela

Como funciona QR Code no Pix?

O uso do código na esfera financeira ficou mais popular devido ao Pix, uma nova modalidade de pagamento instantâneo. 

Nesse contexto, os QR Codes podem ser classificados como caminhos que levam às chaves de cada pessoa ou empresa (geralmente, usa-se o e-mail, o CPF ou CNPJ, o telefone ou uma combinação aleatória de números). 

Ao abrir o aplicativo do seu banco e apontar a câmera do celular para a imagem, é possível fazer a transferência referente ao pagamento diretamente para a conta do emissor. Simples assim! Dessa forma, não é preciso introduzir dados do seu cartão. 

Além disso, geralmente as lojas costumam fazer promoções especiais para quem escolhe a modalidade. Como não há despesas com as operadoras, é possível ter descontos melhores.

Pix Saque

Você já ouviu falar sobre essa opção? Com ela, é possível fazer saques em dinheiro em estabelecimentos comerciais. Basta ir a um deles (que aceite a modalidade), solicitar o QR Code ou utilizar o aplicativo do prestador de serviço. 

Em seguida, depois que o pagamento for autenticado, o valor da transferência é entregue em dinheiro a quem solicitou. Simples assim!

 

Pix Troco

Outra opção é o Pix Troco, que possui uma mecânica parecida com o Pix Saque. Se você fizer uma compra em uma loja física no valor de R$ 50, por exemplo, e enviar um Pix de R$ 100, o estabelecimento devolve o restante em dinheiro.

É mais prático e seguro, uma vez que evita-se o uso de caixas eletrônicos.

As duas funções estão disponíveis para quem quiser utilizá-las. O limite diário de transações para ambas é de R$ 500 e R$ 100 (no período noturno, das 20h às 6h).

 

Faça a sua Recarga Vivo com pagamento QR Code no Pix

A Vivo também já embarcou no pagamento QR Code com toda a facilidade que o Pix traz. Você sabia que é possível fazer uma recarga Vivo? Pois é!

E mais, cliente Vivo Pré, na sua primeira recarga via Pix, ganha bônus de internet para usar como quiser. 

E você nem precisa se cadastrar, é só carregar! Para pagar, é só:

  1. Acessar o site de Recarga Digital ou app Vivo;
  2. Selecionar o valor de recarga desejado;
  3. Escolher o Pix como opção de pagamento;
  4. Apontar a câmera do celular para o QR Code ou copiar o código gerado e finalizar o pagamento no seu banco ou na sua carteira digital e pronto! 

Simples, né? Então, não perca tempo e faça a sua recarga!

LEIA TAMBÉM:

Mão segurando um celular lendo QR code de uma placa com um QR code que diz: Pague com o Pix e Mão segurando um celular lendo QR code de uma placa com um QR code que diz: Pague com o Pix e

QR Code diferente de pagamento por aproximação

Apesar de todas essas possibilidades, é preciso dizer que há uma boa diferença entre pagar por QR Code e pagar por aproximação. 

Por aproximação, são três os grandes players no mercado: 

  • Google Pay;
  • Apple Pay;
  • Samsung Pay.  

Eles operam por NFC ou Comunicação de Campo Próximo. Em suma, é uma tecnologia que permite a troca de informações sem fio e de forma segura entre dispositivos compatíveis que estejam próximos um do outro. 

Apesar de ter crescido, a quantidade de bancos que fazem parceria com a Apple, Samsung e Google (que oferece o Pay para qualquer smartphone Android) ainda é limitada. O pagamento QR Code é muito mais difundido, por abranger mais parceiros.

O pagamento por NFC funciona assim: se o banco aceitar essa modalidade, você pode adicioná-lo a uma carteira digital no seu celular. Com isso, toda vez que você quiser pagar por algo, você acessa esse aplicativo, autentica com a biometria e aproxima de uma maquininha para pagar. 

 

Conclusão

 

O QR Code garante muito mais praticidade aos pagamentos, com total segurança. Além disso, é vantajoso pelo fato de reduzir o contato físico, no caso das lojas físicas, e possibilitar descontos maiores, sobretudo em e-commerces. 

Para utilizá-lo, basta abrir o aplicativo do banco e direcionar a câmera do celular ao código. 

Assim, a transferência é feita automaticamente ao emissor. Viu como o pagamento QR Code é fácil? Agora é só começar a usar.

Diversas empresas estão disponibilizando essa possibilidade — e a Vivo é uma delas. Você pode fazer as suas recargas utilizando os códigos. Gostou da ideia?

Até a próxima! 

 

LEIA MAIS: