Quer melhorar a performance do seu PC e está na dúvida entre SSD e HD? Então, é bom conhecer as características de cada dispositivo de armazenamento antes de fazer a sua escolha.

Um Solid State Drive (SSD) traz diversas melhorias ao computador, especialmente quando o assunto é velocidade. Por outro lado, o Hard Disk (HD) continua sendo a memória mais utilizada nas máquinas e apresenta mais evoluções nos modelos disponíveis no mercado atualmente.

Mas afinal, o que é um SSD e um HD? Quais são as vantagens e as desvantagens de cada unidade? Para descomplicar, a gente elaborou este guia rápido, que responde essas e outras perguntas, além de apresentar alguns modelos para você conferir. Veja só!

Imagem mostrando uma parte do computador para colocar o SSD. Imagem mostrando uma parte do computador para colocar o SSD.

O que é HD e quais são os tipos?

O HD, ou HDD, é um componente de hardware do computador. A sigla vem de Hard Disk Drive que, em português, significa disco rígido

Essa é a peça responsável por armazenar a memória física e não volátil, isso é, as informações que são mantidas permanentemente, ainda que o dispositivo tenha sido desligado.

Assim, o HD é utilizado para salvar os arquivos, programas e aplicativos do usuário, já que envia, recebe e armazena todos os dados do computador — incluindo aplicações próprias do sistema operacional

Esse HD vem incorporado à máquina (notebooks, desktops, all-in-one e servidores) e, por isso, é chamado de HD interno. Esse dispositivo pode ser dos seguintes tipos:

  • ATA (IDE/PATA/ATAPI): os primeiros a serem produzidos pela Western Digital, no final da década de 1980, com o recurso de driver integrado. São os padrões de interface ATA (Advanced Technology Attachment), também conhecidos por IDE (Integrated Drive Electronics) e PATA (Parallel Advanced Technology Attachment), que têm 40 conectores e pode ter dois dispositivos ligados à mesma fonte;

  • SATA: essa interface surgiu para comportar o aumento da demanda por uma rápida transmissão de dados. O Serial Advanced Technology Attachment, ou Serial ATA, trouxe vantagens por permitir a instalação de uma quantidade maior de discos rígidos na CPU. Há as versões SATA I, SATA II e SATA III;

  • SCSI e SAS: ambas são conectores de disco rígido usados de maneira profissional, para ambientes cuja infraestrutura é complexa e sofisticada e exige alta performance. A tecnologia SAS (Serial Attached SCSI) é sucessora da SCSI (Small Computer System Interface), e os custos desses HDs limitaram o seu uso ao ambiente corporativo, por atenderem a uma demanda mais elevada que a doméstica.

Além dos HDs internos, há outro tipo de HD: o externo. Essa é uma alternativa para armazenar o excesso de dados do seu computador. 

Afinal, mesmo que o seu aparelho conte com uma memória interna que abriga o sistema operacional e guarda seus arquivos e programas, ele pode interagir com dispositivos periféricos que expandem essa capacidade de armazenamento.

Nesse caso, através de uma porta USB, você tem acesso a qualquer tipo de dado:

Imagem ilustrativa de um SSD Imagem ilustrativa de um SSD

O que é SSD e para que serve?

O Solid State Drive (SSD, ou unidade de estado sólido) também é para armazenamento de dados. Os cartões SSD são bastante conhecidos por gravarem informações em smartphones, câmeras digitais e outros dispositivos móveis, mas têm se tornado populares por suprirem as necessidades de notebooks e desktops muito bem.

A estrutura e o princípio de funcionamento de SSDs diferem dos de discos rígidos, já que esses dispositivos não têm partes móveis em seu interior, ao contrário dos seus antecessores, os HDs. 

Os circuitos são integrados, o que faz com que o SSD seja silencioso, mais rápido que o HD e menos propenso a sofrer danos físicos.  

Entre as vantagens de incluir um SSD no seu computador estão:

  • Mais rapidez na inicialização do sistema operacional;

  • Mais velocidade na inicialização de programas e aplicativos;

  • Mais rapidez na execução de games;

  • Mais velocidade na taxa de leitura, escrita e transferência de arquivos;

  • Menos ruído e menos calor produzidos;

  • Menor espessura que os HDs, permitindo computadores mais compactos;

  • Sem necessidade de desfragmentar.

Ícones representado as vantagens de incluir um SSD Ícones representado as vantagens de incluir um SSD

Qual é a diferença entre SSD e HD?

As diferenças entre SSD e HD ficam bem simples de compreender quando entendemos os componentes e o funcionamento de cada dispositivo. Veja só.

A nomenclatura de Hard Disk, do HD, se refere à presença de discos rígidos, duros, de vidro, cerâmica ou alumínio, em que as informações são registradas e armazenadas. 

No centro da peça, há um eixo que gira os discos em alta velocidade, e os dados contidos são lidos por um conjunto de ímãs que estão na extremidade do braço mecânico do HD. 

Esses pequenos ímãs leem as informações, porque os discos são cobertos por uma fina película de material magnético. 

Já o SSD não tem nenhum disco, sendo formado por circuitos integrados que não se movem. 

Nesse tipo de tecnologia, os dados são armazenados em células de memória flash, que geram tensão elétrica entre o controlador e o floating gate, fazendo com que as informações sejam lidas inúmeras vezes.

Aí surge outra diferença entre os itens: o valor dos SSDs costuma ser mais elevado que o dos HDs.

Mas atenção, seja qual for o tamanho do SSD, ele nunca vai superar a capacidade de armazenamento que um HD tem. 

Mesmo os modelos que conseguem gravar três bits por célula (Triple-Level Cell) possuem menor densidade quando comparados aos discos rígidos. 

Isso quer dizer que, se o seu computador não conta com um dispositivo secundário para armazenar as suas informações, é bem provável que você precise de um acessório que guarde o excesso de dados em outro lugar. 

Os dois melhores modos de contornar essas limitações de armazenamento dos dispositivos são salvar os dados na nuvem e escolher um bom HD externo.

O que é melhor: HD ou SSD?

Depende do seu objetivo, claro. Se você quer montar um PC gamer, por exemplo, é bom contar com um SSD potente, que forneça mais agilidade e velocidade nas respostas aos seus comandos, certo?

Porém, como você viu até aqui, ambas as tecnologias são de armazenamento de dados, o que torna nossos dispositivos altamente dependentes delas. 

Embora o SSD seja mais recente, leve, compacto e rápido que o disco rígido, o HD ainda tem um papel essencial no funcionamento dos computadores e está longe de ser obsoleto.

Isso quer dizer que as duas tecnologias são diferentes entre si e que, em vez de uma ser substituta da outra, podem ser complementares. Ou seja, você pode ter um HD e, simultaneamente, um SSD.

O que dura mais: HD ou SSD?

Além de os discos rígidos terem maior capacidade de armazenamento de dados que os SSDs, há outra desvantagem do SSD (e qualquer memória flash) em relação ao HD: sua vida útil é menor, limitada pelo número de gravações. 

Isso ocorre porque cada vez que a memória recebe uma nova tensão elétrica, o floating gate perde um pouco da sua capacidade de guardar carga elétrica, comprometendo sua função.

Com o passar do tempo, ou certa quantidade de gravações, as células do SSD “morrem”. Já o HD tem vida útil ilimitada — pelo menos até que outra tecnologia surja, não é?

Tem como colocar SSD e HD juntos?

Tem sim! Ter um SSD e um HD é a combinação perfeita para quem quer aumentar a performance da máquina, com um ótimo custo-benefício. 

O SSD é mais caro e dispõe de menos espaço que o HD, mas oferece grande desempenho devido à velocidade de gravação e leitura dos dados. 

Então, basta manter os dois juntos para deixar o PC mais potente, sem comprometer a capacidade de armazenamento.

Quais são os melhores HDs?

Imagem de um HD e seus dados Imagem de um HD e seus dados

Qual é o melhor SSD?

Imagem do SSD PLus SanDisk Imagem do SSD PLus SanDisk

Para complementar a performance da máquina, esta é a nossa lista de SSDs:

Muito bem! Agora você já sabe o que é um SSD e um HD, e que é possível unir as duas tecnologias para aumentar o desempenho do seu computador. O melhor de tudo: sem precisar investir muito para isso. 

Vai montar o seu PC ou fazer um upgrade? Então, passe na Loja Vivo e confira nossas condições especiais.

Até a próxima!

LEIA MAIS: