Hoje, é possível encontrar diversos gadgets que facilitam nossa rotina, ajudando a criar uma casa inteligente, na qual podemos executar diversas tarefas em poucos cliques, com o celular ou uma central de comandos. E um dos itens que tem marcado cada vez mais presença nas residências são as lâmpadas inteligentes.

Esse pequeno acessório permite que você otimize a iluminação da casa, contribuindo não só com a praticidade, mas também ajudando a economizar energia com seu funcionamento mais aprimorado. 

A seguir, vamos falar um pouco mais desse acessório que já caiu nas graças dos consumidores, além de apresentar algumas melhores opções disponíveis no mercado e suas principais características. Continue com a gente se quiser saber mais!

Imagem de uma mulher com um bebê no colo, ajustando a luz de um abajur via smartphone Imagem de uma mulher com um bebê no colo, ajustando a luz de um abajur via smartphone

O que é lâmpada inteligente?

É um acessório tecnológico criado para auxiliar na otimização da rotina dos usuários. Elas são, geralmente, controladas por comandos enviados pelo smartphone e podem ser programadas para funcionar de diferentes maneiras.

Além de mais econômicas — por utilizarem uma tecnologia de LED que ilumina mais gastando menos —, elas também podem identificar quando alguém está no ambiente ou serem ligadas e desligadas por comando de voz ou aplicativo. 

Basicamente, para as lâmpadas serem consideradas inteligentes, elas precisam se conectar a uma rede Wi-Fi. É assim que você consegue controlá-las, independente de você estar em casa ou não.

 

Para que serve uma lâmpada inteligente?

Para dar mais praticidade ao dia a dia do usuário, permitindo que toda a iluminação da casa seja controlada por um único dispositivo. 

Além disso, existem diversos modelos no mercado, com diferentes cores, o que permite que possam ser utilizadas em qualquer ambiente e situação, desde uma reunião com amigos, uma festa, uma videochamada ou até uma simples leitura em seu momento de descanso.

Se precisar de uma cor mais leve e que canse menos os olhos, basta escolher a luz branca. Caso queira um ambiente com uma luz baixa, para criar um clima mais aconchegante, pode optar pela luz amarela em menor intensidade. Mas, se a sua ideia for dar uma festa personalizada, pode escolher entre as diversas outras cores disponíveis.

O fato é que, além de ajudar a economizar energia, você pode deixar o ambiente com a cara que você quiser. 

Mão segurando um smartphone enquanto controla lâmpada inteligente no aplicativo Mão segurando um smartphone enquanto controla lâmpada inteligente no aplicativo

Como funcionam as lâmpadas inteligentes?

Por serem consideradas smarts, esses dispositivos são mais caros do que os tradicionais, porém a praticidade e a economia de luz a longo prazo podem ser excelentes motivos para escolhê-las. 

Inclusive, se você estiver reformando a casa ou se mudando para um imóvel novo e for apostar nessas lâmpadas, você não precisa nem ter interruptor no imóvel. Chique, não é?

Com o iPhone, um celular Android ou uma caixa de som inteligente — como a do Google ou da Amazon, com a Alexa —, você pode controlar as luzes por cenas ou áreas da sua casa. 

Por exemplo, é possível configurar os cômodos da sua residência para que você peça para o assistente pessoal “ligar a luz azul na sala de estar” ou “acender a luz de leitura no quarto principal”.

Quanto tempo dura uma lâmpada inteligente?

A vida útil é medida por horas e vai depender de cada fabricante e dos componentes que foram utilizados na fabricação. 

Por utilizarem o modelo de iluminação LED, elas costumam durar bastante tempo — na casa de dezenas de milhares de horas.

Existem modelos, por exemplo, que duram 30 mil horas, 40 mil horas e assim por diante. Cabe a você avaliar o custo-benefício e decidir se o preço aplicado é compatível com a quantidade de horas que considera eficiente.

Como escolher uma lâmpada inteligente?

Na hora de escolher, é necessário ficar por dentro das características do acessório para saber se ela vai, além de atender suas expectativas, estar de acordo com a estrutura da casa.

Mulher sorridente em uma escada instalando uma lâmpada inteligente no soquete Mulher sorridente em uma escada instalando uma lâmpada inteligente no soquete

Soquete

Esse deve ser o primeiro fator observado. A lâmpada smart tem que ser compatível com o tipo de bocal que você tem em sua casa. Caso contrário, você não conseguirá conectá-la e precisará trocar o acessório ou o soquete da residência, o que gerará mais custo.

O modelo de soquete utilizado no Brasil é o E27 e já existem alguns modelos por aqui disponibilizados nesse formato. Porém, é preciso ter atenção, pois você pode se confundir e acabar comprando uma com soquete E12, que também pode ser encontrado por aqui.

Sistema Operacional

Esses dispositivos são operados por um aplicativo instalado no smartphone. Porém, alguns só funcionam com dispositivos Android, outros apenas no sistema operacional da Apple e assim por diante. 

Por isso, na hora de comprar, fique atento a esse detalhe para não adquirir um produto incompatível com sua plataforma.

Mão segurando um celular e configurando lâmpada inteligente acesa ao lado em um fundo azul Mão segurando um celular e configurando lâmpada inteligente acesa ao lado em um fundo azul

Tipos de conexão

A maioria dos modelos vendidos no Brasil utilizam a conexão Wi-Fi. Porém, não é tão incomum encontrar alguns equipamentos que funcionam por Bluetooth, que tem o alcance menor em relação à primeira opção.

Cor, temperatura e intensidade

Da mesma maneira que as lâmpadas convencionais, as smart contam com sistema de cores e intensidades, que servem para diferentes ambientes. 

As mais comuns são: 

  • Branca: ideal para locais em que é necessário estimular a produtividade, como escritório, cozinhas etc;
  • Amarela: cor mais quente, responsável por tornar o ambiente em um local mais agradável e relaxante, como quartos e sala de estar.

Também é possível escolher a intensidade da luz que, no caso da lâmpada smart, é medida em lúmens, diferentemente dos modelos convencionais, que são definidas por watts de potência.

Quais as melhores lâmpadas inteligentes?

A seguir, conheça algumas das melhores opções disponíveis no mercado e suas principais características:

Lâmpada inteligente Geonav

Foto da lâmpada inteligente Geonav acesa com três cores diferentes em um fundo claro Foto da lâmpada inteligente Geonav acesa com três cores diferentes em um fundo claro

O dispositivo estilo soquete é bivolt e uma excelente opção para quem pensa em ter uma casa conectada. Com ela, é possível acender, apagar, dimerizar e trocar de cor pelo aplicativo remotamente ou por comando de voz

Ela também permite programar horários e cenários, harmonizando ambientes do branco a algo cheio de cores. 

A lâmpada Geonav funciona tanto com a Alexa quanto com o Google Assistente, então, você pode usar os aplicativos dos assistentes pessoais no celular ou nas caixas de som inteligentes.

Lâmpada inteligente Positivo

Foto da smart lâmpada Positivo com wi-fi apagada em um fundo claro Foto da smart lâmpada Positivo com wi-fi apagada em um fundo claro

A lâmpada da Positivo pode ser instalada facilmente pelo próprio usuário de maneira rápida e prática.

Entre os diferenciais dela está o fato de que você pode optar entre uma iluminação para leitura ou até mesmo para festa. Ou seja, é você quem decide a intensidade da luz, conforme a sua necessidade.

Além de ter um aplicativo próprio, é possível configurá-la com a Alexa ou com o Google Assistente, assim, é só pedir para o seu assistente pessoal favorito ligar ou desligar as luzes e deixar do jeito que você gosta.

Lâmpada inteligente ELSYS

Foto da lâmpada inteligente Elsys com um circulo cromático atrás e em um fundo claro Foto da lâmpada inteligente Elsys com um circulo cromático atrás e em um fundo claro

Com uma infinidade de cores disponíveis, a lâmpada da ELSYS tem 10W de potência e está pronta para atender a todas as suas necessidades, sem precisar de nenhum acessório extra ou mão de obra especializada. É só conectar no bocal padrão já existente na sua casa e no Wi-Fi.

Como é uma lâmpada LED, ela tem uma vida útil de longa duração e baixo consumo de energia. É possível ambientar a sala com as cores do seu time do coração ou até criar uma cena romântica para o jantar. As opções estão aí!

Os dispositivos da ELSY também se integram ao Google Assistente e à Alexa, da Amazon. Ou seja, é só escolher qual a sua assistente pessoal favorita e fazer o emparelhamento.

Lâmpada inteligente Intelbras

Foto da Lâmpada Smart Intelbrás acesa com várias cores Foto da Lâmpada Smart Intelbrás acesa com várias cores

São 16 milhões de cores e controle de intensidade de luz. Super fácil de instalar, a lâmpada da Intelbras tem seu próprio aplicativo.

Ao conectá-la ao Google Assistente ou à Alexa, você pode pedir para o assistente ligar a luz da sala de estar, por exemplo.

O equipamento da Intelbras também conta com cronômetro, assim você pode decidir quanto tempo aquela luz vai ficar ligada, o que ajuda a economizar a energia. 

Sabe quando a gente dorme sem querer de frente para a TV com a luz ligada? Com essa função, você pode garantir que depois de um determinado período, a lâmpada desligue sozinha.

Lâmpada inteligente Xiaomi

Foto da Lâmpada Inteligente Xiaomi apagada em um fundo claro Foto da Lâmpada Inteligente Xiaomi apagada em um fundo claro

Esse modelo é todo prateado (bem chique!) e conta com 10W de potência, equivalente àquelas lâmpadas incandescentes de 60W. Impressionante, não é?

Com 16 milhões de cores disponíveis, a lâmpada da Xiaomi se conecta na banda 2.4GHz, que é aquela banda do Wi-Fi mais básica para mandar mensagem, navegar na internet e tudo mais. Isso ajuda a economizar a velocidade da sua rede para a sua Smart TV, para fazer streaming de vídeos em alta resolução ou até jogar online na frequência 5GHz.

 A Mi LED da Xiaomi tem aplicativo próprio, mas também se conecta ao Google Assistente e à Alexa, para que você controle tudo com a voz. Prático demais!

Como instalar uma lâmpada inteligente?

Existem diversas marcas no mercado e cada uma delas tem suas maneiras específicas para serem instaladas, segundo a orientação de cada fabricante. 

Porém, os procedimentos costumam ser simples e práticos para que qualquer usuário comum possa instalar. O passo a passo é o seguinte:

  1. Retirar a lâmpada convencional do bocal;
  2. Encaixar a lâmpada inteligente;
  3. Acessar o aplicativo baixado na loja do seu smartphone;
  4. Navegar pelas opções para cadastrar e configurar o dispositivo smart.

Como escolher a internet ideal para automatizar sua casa?

Para que todos os equipamentos inteligentes da sua casa funcionem perfeitamente, é necessário contar com uma internet residencial de qualidade e com ampla cobertura, para que todos os dispositivos do imóvel consigam alcançar o sinal.

Também é importante saber que, quanto mais dispositivos inteligentes você tiver na residência, mais velocidade de internet é necessária. É por isso que a banda larga Vivo Fibra é a mais indicada. Ela conta com:

Além disso, a Vivo é a única que tem internet com Smart Wi-Fi. Por meio de um aplicativo, você controla a internet da sua casa. Olha o que você consegue fazer: 

  • Medir a velocidade da rede;
  • Otimizar a conexão com Wi-Fi;
  • Descobrir quem está conectado à sua rede;
  • Bloquear e desbloquear dispositivos;
  • Mudar o nome e a senha do Wi-Fi.

Ou seja, com todas essas facilidades, fica muito mais fácil ter dispositivos inteligentes, uma vez que você consegue escolher quais equipamentos acessam a internet de banda larga e quais trafegam em uma rede que precisa de menos velocidade.

Agora que você já conhece como funciona uma lâmpada inteligente e como escolher a ideal para cada ambiente, ficou mais fácil definir qual o modelo mais se encaixa em suas necessidades e começar a automação da sua casa, não é mesmo? 

Portanto, conheça os diversos itens smart disponíveis na Loja Vivo e dê início à transformação digital na sua residência, sempre contando com os melhores dispositivos tecnológicos do mercado.

Até a próxima!

LEIA MAIS: