Você está lendo este artigo do seu smartphone, tablet ou notebook conectado à rede Wi-Fi? A era digital trouxe facilidades que nos permite acessar informações, nos comunicar e uma infinidade de atividades com apenas um clique. Mas você sabe como tudo isso se tornou possível, ou seja, como surgiu a internet?

Apesar de estar associada às mais diferentes tecnologias e ao futuro, as primeiras sementes para o desenvolvimento da internet foram lançadas ainda na Guerra Fria, na década de 1950. Imaginou que a rede fosse tão antiga? Quer saber mais sobre essa história e o que esperar do futuro em termos de conectividade?

Aproveitando que 17 de maio é o Internet Day (Dia Mundial da Internet ou Dia Mundial da Sociedade da Informação), instituído desde 2005, garanta uma boa velocidade de conexão para continuar a leitura deste artigo e conhecer toda essa trajetória!

Ilustração de um globo terrestre sobre um teclado Ilustração de um globo terrestre sobre um teclado

Como surgiu a internet?

Era uma vez duas potências que entraram em conflito político-ideológico de 1947 a 1991, ou seja, o mundo via a Guerra Fria entre EUA e URSS. Havia muita coisa em jogo, e os norte-americanos tinham medo de que houvesse vazamento de suas informações na situação de um ataque nuclear soviético.

Foi preciso então vislumbrar novas tecnologias, o primeiro empurrãozinho para se pensar em um conceito, como o da internet. Assim, cientistas começaram a planejar uma rede descentralizada para fazer a comunicação entre computadores que estivesse protegida de qualquer ataque.

Até que, em 1965, a ideia saiu do papel com um experimento que teve sucesso nos EUA, conectando dois computadores por uma linha telefônica: um equipamento estava no Massachusetts e o outro na Califórnia. Criou-se, assim, a primeira WAN (Wide Area Network) ou rede de longa distância.

Tudo estava fervilhando para que a internet começasse a ganhar forma, visto que, em 1969, entrou em funcionamento a ARPANET, uma rede que fazia a conexão entre universidades e centros de pesquisas norte-americanos.

Quem inventou a internet?

Nessa história toda, a pessoa considerada uma visionária da internet foi Licklider, pesquisador do MIT. Em 1962, ele trouxe o conceito de "Galactic Network" para uma rede global de computadores.

Ele liderava o DARPA (Defense Advanced Research Projects Agency), órgão de defesa dos EUA que fazia pesquisas para demonstrar a supremacia tecnológica norte-americana sobre a URSS. Foi no DARPA que saíram os estudos para o desenvolvimento da ARPANET.

Tela de um navegador da internet Tela de um navegador da internet

Para que foi criada a internet?

As sementes iniciais para a Era da Informação que vivemos hoje foram lançadas com o objetivo de os Estados Unidos demonstrarem seu poder frente aos soviéticos. 

Sabe a ARPANET? Ela foi desenvolvida justamente como uma resposta dos norte-americanos ao lançamento do satélite Sputnik pela URSS.

Como surgiu o WWW?

Muitos ajustes foram feitos a partir da década de 1960 até que, em 1983, as máquinas conectadas na ARPANET passaram a usar o protocolo de comunicação em rede TCP/IP.  

Em 1989, o britânico Tim Berners-Lee, que trabalhava para o CERN (Organização Europeia para Investigação Nuclear), desenvolveu uma forma de compartilhar informação através de um grande bloco de hiperlinks.

Para isso, Berners-Lee criou o protocolo de distribuição de documentos por hipertexto (http) e uma linguagem para marcar hipertextos (html). Além disso, desenvolveu o primeiro navegador: o World Wide Web ou WWW. Então, em 1991, nascia o primeiro website e a forma como navegamos hoje na internet.

Devido à popularidade que atingiu no CERN, esse sistema de navegação foi aberto para pessoas de fora da organização em 1993 com o navegador Mosaic.

Por tudo isso, apesar de os primeiros passos para o desenvolvimento da rede global de computadores ter ocorrido na década de 1950, Berners-Lee é tido como o verdadeiro pai da internet.

Idosa usando a internet em um notebook Idosa usando a internet em um notebook

Quando a internet chegou ao Brasil?

É claro que não demorou muito para o Brasil também começar a experimentar essa revolução na comunicação: em 1987, a Fapesp (Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo) e o LNCC (Laboratório Nacional de Computação Científica) conseguiram se conectar com instituições norte-americanas utilizando a internet.

Foi uma época em que a rede era utilizada somente no ambiente universitário. Mas isso durou até 1994, quando a internet passou a ser utilizada fora do círculo acadêmico.

Quantas pessoas acessam a internet no Brasil?

Depois de saber como surgiu a internet, é preciso destacar que, no Brasil, a população vive conectada: a pesquisa TIC Domicílios de 2020 mostrou que temos 152 milhões de usuários da rede mundial ou mais de 80% dos brasileiros com mais de 10 anos.

Quantas pessoas acessam a internet no mundo?

O estudo da União Internacional de Telecomunicações (UIT) mostrou que, em 2021, 4,9 bilhões de pessoas usavam a internet no mundo. Parece um número alto? Mas não é, pois demonstra que um terço da população do planeta ainda não tem acesso à rede global.

Mulher usando um celular Mulher usando um celular

O que mudou com a chegada dos smartphones?

Em meados da década de 1990, as pessoas de fora da comunidade acadêmica começaram a utilizar a internet no trabalho e em casa. A conexão era discada, mas o fato de ter acesso a informações de diferentes sites, usar portais para ler notícias e salas de bate-papo para interagir com pessoas a distância revolucionou a forma de se comunicar. 

Contudo, podemos dizer que a internet entrou de vez nas nossas vidas, andando sempre com a gente, com a chegada dos smartphones e uso da internet móvel. 

Usar aplicativos para compras, estudar, trabalhar, se divertir, realizar transações bancárias, trocar mensagens, fotos e vídeos são apenas algumas das facilidades que temos hoje com esse dispositivo. Com o celular, você consegue até compartilhar a internet.

E o melhor: podemos realizar tudo isso em movimento devido aos avanços da internet e desses aparelhos. 

Isso teve início com o lançamento do primeiro iPhone, em 2007. Um ano depois tivemos o primeiro smartphone com sistema operacional Android e, em 2010, a Samsung entrava de vez nesse mercado com a linha Galaxy.

O que são redes sociais?

Com o desenvolvimento da internet para o público em geral e do uso da tecnologia móvel com o smartphone, surgiu um cenário ideal para a popularização das redes sociais — as plataformas online de interação entre pessoas e grupos que têm algum interesse em comum. 

Elas permitem conversar, deixar opiniões, comentários, expor fotos, fazer lives, ganhar seguidores e também são espaços para grandes polêmicas e discussões.

Aliás, além de conectar pessoas, as redes tornaram-se canais interessantes para marcas e empresas que utilizam essas plataformas para ações de marketing e vendas. 

Mulher na rua acessando as redes sociais. Conectadas ao celular ilustrações de like, joinha, email Mulher na rua acessando as redes sociais. Conectadas ao celular ilustrações de like, joinha, email

Quais as principais redes sociais?

Ao contar a história da internet e conhecer alguns fatos marcantes, não dá para deixar de citar as principais redes sociais, que fazem parte do dia a dia de muitas pessoas. São elas:

Linkedin

LinkedIn (2003)

É a maior rede social profissional, que permite fazer networking, publicar currículo e trabalhos e até serem encontrados por empresas — que podem publicar suas vagas.

Facebook

Facebook (2004)

Maior rede social do mundo, as pessoas podem criar um perfil, participar de grupos, interagir, postar textos, fotos ou vídeos, comentários, likes ou envio de mensagens.

Youtube

YouTube (2005)

Rede social de compartilhamento de vídeos mais popular do mundo. Nela, os usuários podem se inscrever nos canais, curtir e interagir nos vídeos publicados.

Twitter

Twitter (2006)

Plataforma que permite postar, curtir e retuitar tweets — textos de até 140 caracteres —, imagens, vídeos e links. 

WhatsApp (2009)

É o aplicativo de mensagem mais utilizado pelos brasileiros, sendo considerado também uma rede social, pois permite se comunicar com usuários e grupos.

Instagram

Instagram (2010)

Rede social para postar fotos e vídeos e interagir nas postagens de outros usuários. Pelo Instagram, você também consegue conversar por mensagem com outras pessoas.

Mulher deitada no sofá acessando a internet em um notebook Mulher deitada no sofá acessando a internet em um notebook

Quais as principais curiosidades sobre a internet?

A história da internet é antiga e marcada por curiosidades. Veja a seguir alguns fatos surpreendentes sobre a rede global de computadores:

1. Rainha Elizabeth e o e-mail

Ao abrir a sua caixa de entrada, talvez você nunca tenha pensado no primeiro e-mail da história. A mensagem foi enviada em 1971 por Raymond Tomlinson, programador da ARPANET. O que estava escrito? Algo como “teste 1, 2, 3, 4”.

Em 26 de março de 1976, somente cinco anos depois do primeiro e-mail da história, a Rainha Elizabeth II já se mostrava antenada com a tecnologia, pois enviou seu primeiro correio eletrônico. 

2. Webcam que vigiava o café

Com o crescimento do trabalho remoto, a webcam virou nossa companheira, concorda? Mas você sabia que o primeiro equipamento com essa finalidade foi desenvolvido para “vigiar” o café em 1991? 

Isso aconteceu na Universidade de Cambridge, no Reino Unido, e a câmera foi instalada na rede interna para que as pessoas pudessem saber se ainda tinha café na garrafa antes de se levantarem da cadeira.

Depois que surgiu a possibilidade de transmitir imagens pela rede mundial de computadores, qualquer pessoa do mundo que estivesse conectada podia acompanhar a saga do café. Isso durou até 2001.

3. Primeiro aparelho com cara de smartphone é de 1992

O primeiro telefone com múltiplas funções, que realizava ligações, tinha calculadora, calendário e recebia e-mails, foi desenvolvido em 1992 pela IBM: recebeu o nome de IBM Simon.

Apesar de todas essas funcionalidades do aparelho da IBM, o primeiro dispositivo a receber o nome de smartphone foi o Ericsson R380, lançado em 2000.

4. 1997 é o ano do primeiro meme da internet

Se você morre de rir com os memes que surgem na internet, aposto que não imagina que o primeiro dessa categoria apareceu em 1997: era o dancing baby! Era uma animação 3D de um bebê que dançava com a música “Hooked On a Feeling”.

5. Peso da internet?

Em 2006, o pesquisador norte-americano Russell Seitz, de Harvard, calculou que a internet pesava cerca de 50 g. Você não leu errado! Ele fez o cálculo pela quantidade de elétrons que se movimentam nas placas dos circuitos quando há envio e recebimento de dados. 

Os elétrons são extremamente leves (com peso quase zero), no entanto, a quantidade de energia gasta pela internet com os 100 milhões de servidores espalhados pelo mundo pode chegar a 40 bilhões de watts.

Homem sentado à mesa usando a internet em um notebooki Homem sentado à mesa usando a internet em um notebooki

O que vem pela frente?

Até agora trouxemos detalhes do passado da internet, mas como se trata de uma tecnologia, é impossível não pensar no futuro. 

Descubra alguns aspectos que já estão em desenvolvimento para facilitar ainda mais a troca de dados e o dia a dia das pessoas:

1. IoT

Internet das Coisas (IoT) já é uma realidade e tende a se desenvolver cada vez mais. É uma tecnologia em que objetos, eletrodomésticos e outros itens do nosso cotidiano estão conectados, podendo ser acessados à distância, como:

Assim, é uma nova forma de interação das pessoas com esses aparelhos.

2. 5G

O 5G é a quinta geração da internet móvel que começa a chegar no Brasil, nos celulares e outros dispositivos. 

Com ela, poderemos ampliar ainda mais o uso que fazemos na internet, pois teremos maior velocidade, conexão mais estável e cobertura de rede mais ampla.

3. Metaverso

Por fim, o futuro da internet será marcado pelo metaverso, em que os usuários vão interagir entre si em um ambiente online, utilizando seus avatares digitais. 

Nesse espaço, você pode conversar, trabalhar, estudar ou fazer compras — tudo isso em uma experiência imersiva.

Mulher sentada e usando a internet em um smartphone Mulher sentada e usando a internet em um smartphone

Como aproveitar todo o potencial da internet?

Não dá para viver sem internet, seja utilizando nosso smartphone na rua ou nossa rede Wi-Fi residencial. Mas como aproveitar ao máximo e sem qualquer aborrecimento tudo o que essa rede oferece?

Contando com a Vivo! Nós temos uma internet fixa e móvel veloz para você ter uma conexão de qualidade para utilizar seus aplicativos, assistir a filmes e séries, compartilhar imagens e vídeos, fazer reuniões online e muito mais! 

A ideia é que você possa utilizar seus dispositivos para trabalhar, estudar e se entreter com toda a tranquilidade. Confira:

Vivo Fibra

Temos um plano para sua casa de internet banda larga com fibra ótica de ultravelocidade para você utilizar todos os seus dispositivos com uma conexão de qualidade. O Wi-Fi e a instalação são grátis. 

Planos móveis da Vivo

Para o seu celular, há diferentes planos móveis da Vivo, que você pode escolher de acordo com seu perfil e necessidades. São eles:

Ilustração de uma foto de perfil sobre a tela de um smartphone.

Vivo Pós

Conexão veloz, apps ilimitados que não são descontados da franquia e bônus de internet. Tem a opção individual (Selfie), família e o plano executivo (Vivo V).

Conheça os planos
Ilustração de um smartphone com um cartão físico sobreposto.

Vivo Pré

Pré-pago com WhatsApp e ligações à vontade e uma internet rápida que não te deixa na mão.

Conheça os planos
Ilustração de um smartphone exibindo uma fatura Vivo.

Controle

Pacote com internet de qualidade e muitas vantagens para quem gosta de saber exatamente qual será a cobrança da fatura.

Conheça os planos
Ilustração de um smartphone com um sinal de positivo dentro

Easy

Plano digital que você monta da forma que quiser. Simples assim.

Conheça os planos

Gostou de conhecer alguns detalhes de como surgiu a internet? Realizamos tantas atividades em nossos dispositivos de forma automática, por isso é interessante entender a origem dessa tecnologia que moldou a forma como nos comunicamos atualmente.

Para que sua internet não caia, travando seus vídeos ou atrapalhando sua rotina, que tal aproveitar as vantagens do Vivo Total: que une internet residencial e móvel? Clique e conheça mais os serviços da Vivo. 

Até a próxima!

Leia também: