Unir o real e o virtual e permitir que você participe de uma realidade paralela em uma experiência imersiva e interativa. Deu para perceber que estamos falando do metaverso, uma tecnologia que, apesar de estar em desenvolvimento, já está disponível para o usuário que quer conhecer essa inovação. Então, como entrar no metaverso?

Em primeiro lugar, é preciso entender que não há um único metaverso. Logo, você pode acessá-lo por aplicativos, programas e jogos online. Assim, ao pensar nessa dimensão e como entrar nela, saiba que isso será possível pelo celular e desktop, utilizando ou não acessórios especiais.

E aí? Quer fazer parte dessa nova era da conectividade? Vem com a gente e descubra como entrar no metaverso com os seus dispositivos!

Mulher segurando celular com luzes de realidade aumentada em metaverso. Mulher segurando celular com luzes de realidade aumentada em metaverso.

Como entrar no metaverso pelo celular?

Quando você escuta sobre metaverso e como entrar nesse ambiente, logo lembra da imagem de alguém com aqueles óculos futuristas de realidade virtual, certo? 

Apesar de o acessório ser utilizado para essa finalidade, você pode ter o gostinho dessa experiência virtual 3D imersiva diretamente pelo seu celular, sem necessitar de nenhum aparato especial.

Um dos caminhos é explorar a realidade aumentada, e, talvez, você se recorde do sucesso do Pokémon Go, lançado em 2016, que fez os fãs do mundo, de todas as idades, saírem à procura dos Pokemons pela cidade? 

Essa já era uma amostra de experiência no metaverso, visto que o digital passou a se integrar ao mundo real.

Se você busca outras vivências, saiba que pode entrar no metaverso fazendo o download do jogo “Roblox” para os smartphones Android e iOS

No game, você personaliza seu avatar do jeito que quiser e explora milhões de mundos, seja para viver uma aventura, passar um tempo ou conversar com seus amigos. Se preferir, pode criar seu próprio mundo virtual.

O melhor é que você pode participar dessa realidade paralela sem precisar adquirir criptomoedas. 

Ah, vale lembrar que a “Nikeland” está nesse jogo de realidade virtual: lá você pode ter a experiência imersiva com minijogos e em arenas e edifícios da Nike. Isso mesmo! As grandes marcas já começam a aparecer no multiverso.

Como entrar no metaverso pelo PC?

Você também pode fazer parte do metaverso, utilizando o seu computador e uma conexão Wi-Fi. A seguir, veja algumas possibilidades:

Roblox

Escrito em branco  Roblox e várias imagens quadrada do  Roblox ao fundo Escrito em branco  Roblox e várias imagens quadrada do  Roblox ao fundo

Sabe o “Roblox” que comentamos no tópico anterior? Você pode entrar no jogo pelo site do Roblox, criando uma conta com login e senha. 

Neste caso, se o seu interesse for criar seu mundo virtual, no PC fica mais fácil de utilizar as ferramentas, já que, no celular, temos que fazer tudo pela tela, que é pequena. Para isso, basta entrar no Roblox Studio e abusar da criatividade.

Decentraland

Cena do jogo Decentraland em metaverso. Cena do jogo Decentraland em metaverso.

Outra forma de entrar no metaverso pelo desktop é pelo “Decentraland”, que tem uma proposta diferente do jogo anterior. Como fazer isso? Acessando o site da plataforma.

Aqui, você entra em um universo imersivo e pode interagir com outros avatares, jogar (realizando missões e recebendo recompensas), participar de eventos e explorar o mundo aberto. 

Mas o que mais chama a atenção no “Decentraland” é que você pode fazer negócios, realizando a compra e venda de terrenos, avatares e outros itens com o uso da moeda virtual. Em outras palavras, dá para ter uma vida online.

Para isso, é preciso configurar a carteira virtual, a MetaMask, para fazer as transações, sendo que você pode adquirir os NFTs (tokens não-fungíveis) para marcar e monetizar seus direitos sobre itens virtuais adquiridos.

Caso você ainda não tenha uma carteira virtual, pode entrar no “Decentraland” como visitante, contudo não poderá participar de eventos nem fazer transações com terrenos.

The Sandbox

Cena do jogo The Sandbox em metaverso. Cena do jogo The Sandbox em metaverso.

Por fim, você pode entrar no metaverso com o jogo “The Sandbox”. Lá é possível personalizar seu avatar, participar de eventos com grandes artistas, criar mundos virtuais, jogar, entre outras coisas. 

E o melhor é que tudo pode ser monetizado com o uso de criptomoedas. Além disso, você pode construir, ter a posse e negociar seus ativos, com os NFTs no jogo

O “The Sandbox” despertou, inclusive, o interesse de grandes empresas, como a Adidas e a Tesla, que têm suas sedes virtuais nesse metaverso. 

Artistas de destaque, como o rapper Snoop Dogg, também já adquiriram seu terreno por lá. E aí, se animou? 

O que dá para fazer no metaverso?

Bom, agora que você já sabe mais do metaverso, como entrar e até mesmo a possibilidade de fazer transações nessas plataformas, precisa entender o que dá para fazer nesse universo que une o real e virtual.

Além de participar dos mais diversos games, o metaverso permite interagir com outros usuários e fazer compras. Lembra que destacamos que algumas das grandes marcas já estão presentes nesse universo?

Além disso, o que muitas pessoas estão fazendo no metaverso, é ganhar dinheiro. Usuários estão investindo em terrenos virtuais com a utilização de criptomoedas.

Pessoal com óculos 3D no metaverso. Pessoal com óculos 3D no metaverso.

Quanto custa entrar no metaverso?

Os custos para entrar no metaverso vão depender da experiência que você terá nesse ambiente. Se a sua ideia for apenas jogar e interagir com outros avatares, é possível participar de graça.

Porém, caso tenha interesse em adquirir itens das lojas ou comprar e vender terrenos virtuais, por exemplo, é preciso ter a sua carteira digital de criptomoedas, e o valor pode variar de acordo com as transações que você quiser (e puder realizar), pois as cifras podem ser bem altas.

Quais os equipamentos necessários para entrar?

Para entrar no multiverso do seu celular ou desktop com os jogos que mostramos, não é preciso nenhum acessório específico. Você faz o download do app ou entra pelo site, com login e senha, como se fosse um game comum.

No entanto, o desenvolvimento de aplicações para o multiverso está a pleno vapor e, para acessar esse ambiente, pode ser necessário o uso de itens especiais para que você tenha uma experiência imersiva, como:

  • Óculos de realidade aumentada;

  • Luvas táteis;

  • Pulseiras que detectam movimentos.

E de nada adianta ter plataformas super tecnológicas e acessórios inovadores se você tiver um sinal de Wi-Fi que falha, certo? 

Por isso, para aproveitar tudo o que o metaverso oferece, é preciso, acima de tudo, ter uma internet residencial veloz.

Além disso, para entrar no metaverso pelo PC, o legal é contar com um equipamento que tenha uma placa de processamento gráfico de qualidade.

Homem com óculos 3D no metaverso com as mãos para cima. Homem com óculos 3D no metaverso com as mãos para cima.

O que vem aí no metaverso?

A gente sabe que Facebook e Microsoft já se mexeram e estão desenvolvendo suas plataformas de metaverso. Então, além de jogos, transações com criptomoedas e compras, é possível esperar uma nova interação nas redes sociais e outros usos dessa realidade paralela.

Um deles é o metaverso como ambiente de trabalho, em que as equipes, independentemente de onde estiverem, poderão compartilhar o mesmo espaço virtual, seja para fazer um projeto ou para ter uma conversa descontraída. Assim, os encontros deixarão de ser apenas no momento da reunião online.

O metaverso também pode transformar a educação, propiciando a interação entre alunos e professores, levando a experiência real para o ambiente virtual.

E aí, entendeu como entrar no metaverso? Como você viu, já é possível desfrutar dessa nova dimensão diretamente do seu celular ou desktop.

Se animou para criar seu avatar e colocar o pé nessa realidade paralela? Acompanhe outros conteúdos sobre as tendências do mundo digital no Vivo Explica.

Até a próxima com mais novidades!

Leia também: