Imagem de um homem com um rodo na mão em sua casa com fones de ouvidos.

Os podcasts surgiram em 2004 e logo passaram a ocupar um espaço importante nas plataformas de streaming. Durante a pandemia eles cresceram significativamente já que, com o isolamento social, viraram ótima companhia!

Uma pesquisa da Kantar Ibope encomendada pela Globo apontou que em 2020, o número de ouvintes regulares desse tipo de mídia aumentou 33%. Hoje, são 28 milhões de pessoas no país que criaram esse hábito! Com eventos e encontros cancelados, trabalho remoto e um pouco mais de tempo livre, os brasileiros descobriram as vantagens de ouvir programas de áudio online. Outro atrativo é poder escutar ao mesmo tempo em que realiza outras tarefas, como cozinhar, lavar a louça, dirigir ou até relaxando de olhos fechados, longe da luz azul das telas.

Geralmente, o formato se assemelha ao de um programa de rádio ou até mesmo a mesa de bar, com conteúdos informais que fazem parecer que podemos puxar uma cadeira e entrar na conversa. Os temas disponíveis são inúmeros, podendo focar em nichos bem específicos até tópicos mais abrangentes. Pense em qualquer assunto… Qualquer um mesmo! Pode apostar que existe um podcast sobre isso.

As origens do podcast

Tudo começou há 17 anos, nos Estados Unidos, quando o ex-VJ da MTV Adam Curry percebeu que havia solução para o desaparecimento dos programas de rádio e consequentemente da profissão do radialista. A resposta, para ele, estava nos agregadores como o iPodder, que baixavam transmissões da internet para os aparelhos iPod. Nasce aqui o filho dos Pods ("Personal On Demand" ou "Individual sob demanda") e dos broadcasts (rádio difusão), o podcast.

A Apple percebeu o potencial da de mídia e lançou o iTunes 4,9 com suporte a podcast. Na época, George W. Bush, ex-presidente estadunidense, começou a fazer transmissões semanais nesse formato. Pronto! O mundo agora escutava um dos primeiros podcasts.

O que é um podcast

Basicamente, é um programa de áudio online que você pode baixar ou acessar a reprodução por meio de um programa de streaming. O melhor dessa mídia é que ela é on demand (sob demanda), ou seja, você pode acessar a hora que quiser, de onde estiver, baixar e depois ouvir offline, passar o conteúdo para frente, voltar para trás, ter mais controle sobre o que deseja escutar.

Geralmente, o podcast é composto de uma série de episódios sobre assuntos específicos – é possível encontrar temas como política, saúde, atualidades, noticiário, esportes, educação, meditação, comportamento, humor, música, cinema, literatura, viagens, feminismo, sexualidade, idiomas e muito mais.

Comece a ouvir


Os podcasts estão disponíveis em sites de forma gratuita, aplicativos exclusivos (Google Podcast, CastBox, Apple Podcast) e plataformas de streaming (Spotify, Deezer e Soundcloud). Neles, você pode baixar episódios para ouvir depois ou acessar o conteúdo online, criar playlists e alertas para novos conteúdos.

Os smartphones atuais são excelentes reprodutores, independentemente da marca e modelo – e a atenção maior deve estar nos fones de ouvido, que deixaram de ser meros acessórios! Há uma variedade grande desse tipo de produto disponível no mercado, com ou sem fio, que se tornou grande aliado para que o som seja perfeito e você escute com total privacidade e participe de forma imersiva dos programas. Um bom fone faz toda a diferença!

Conheça o mercado de podcasts


São mais de 7 mil podcasts brasileiros, segundo a Associação Brasileira de Podcasters, e a maioria pode ser acessada sem custos. Para se ter ideia da dimensão da mídia no mundo, dados do Podcast Insights apontam que só no Apple Podcast há mais de 500 mil conteúdos ativos. Com tantos programas disponíveis, dá para imaginar a infinidade de assuntos debatidos, não é?

Assim como no rádio, geralmente, os episódios são apresentados por um âncora e, muitas vezes, contam com convidados que incrementam e deixam a conversa ainda mais interessante. Na mesma linha das mídias mais tradicionais, segue-se uma periodicidade e cada um tem um limite de tempo definido.

Sugestões de podcast para você

Ilustração de um homem ouvindo fone.

No final do ano de 2020, o Google divulgou um ranking dos podcasts mais acessados durante a pandemia. Olha só:

  1. NerdCast
  2. Xadrez Verbal
  3. O Assunto
  4. Boletim Folha
  5. Panorama CBN
  6. Foro de Teresina
  7. Um Milkshake Chamado Wanda
  8. Gugacast
  9. Matando Robôs Gigantes
  10. 99Vidas – Nostalgia e Videogames

Já pelo Spotify, a lista de campeões de audiência foi a seguinte:

  1. Horóscopo Hoje
  2. Café da Manhã
  3. PrimoCast
  4. NerdCast
  5. Flow Podcast
  6. Autoconsciente
  7. O Assunto
  8. Mamilos
  9. Inglês do Zero
  10. Filhos da Grávida de Taubaté

Já conhece algum dos programas de áudio mais acessados? Explore os títulos que ainda não escutou e entenda porque se tornaram tão populares!

Crie seu próprio podcast e amplifique sua voz


Como gravar um podcast

Imagem de um homem em um estúdio de gravação sentado em uma mesa com fone, microfone e notebook.

É possível produzir seu próprio podcast sem fazer grandes investimentos financeiros, você só vai precisar de um bom microfone e um lugar isolado para que o som seja audível e sem ruídos externos. Confira equipamentos de áudio das melhores marcas na Loja Vivo e comece a gravar!

Aí, é só escolher o tema, preparar um roteiro interessante e, se for o caso, escolher um convidado relevante para a discussão. Depois de gravado, use ferramentas simples para editar e publicar, como o Anchor, uma plataforma gratuita de criação. Por fim, você precisa ter um local para hospedar em Feed RSS, como o Buzzsprout e o Podbeam, para que possa ser lido pelos aplicativos agregadores. A melhor parte para quem está começando é que você encontra planos gratuitos nos locais de hospedagem!

Um novo canal de comunicação para sua empresa

Aproveitando a tendência, companhias de diversos segmentos entenderam que dá para aproveitar esse formato para criar conteúdo interno ou até mesmo para reforçar sua marca para o público externo.

Como estratégia de comunicação interna, algumas passaram a investir nesse canal para cascatear informações com os funcionários, reportar dados e trazer as novidades. Criando seus próprios podcasts, elas chegam até os funcionários de maneira mais informal e atrativa.

Por outro lado, pensando consolidar suas marcas no mercado, diversas companhias criaram podcasts com conteúdos interessantes para seus públicos externos. Assim, conseguem se aproximar ainda mais, reforçar a identificação do público com a marca e captar novos consumidores.

Entendeu por que os podcasts são uma ferramenta e tanto que não para de crescer?

 

Imagens: Getty Images

Veja também