Se você não desiste de um bom game até passar todas as fases, vai gostar de acompanhar os filmes de jogos. São produções que deixam os fãs dos videogames alucinados, afinal é a oportunidade de ver nas telonas, os personagens que você controla no joystick ou os inimigos que sofre para derrotar.

Alguns longas não são adaptações de jogos, mas recriam o universo do videogame, o que também rende boas histórias.

O melhor é que dá para acompanhar essas grandes aventuras nas melhores plataformas de streaming. Então, você pode assistir aos filmes do seu celular, tablet, PC ou da sua Smart TV — inclusive as produções mais antigas.

Neste artigo, a Vivo separou os maiores sucessos entre filmes de jogos. Fique ligado nas nossas sugestões e descubra mais sobre essas produções. Are you ready?

Como um jogo vira filme?

A indústria do cinema é bastante criativa e faz adaptações incríveis de livros e quadrinhos. Assim também acontece com os games. Quando você tem um jogo que cai no gosto do público, por que não transformar seus personagens e história em um filme?

No entanto, apesar do apelo de muitos gamers, é um desafio fazer um filme de jogo. Isso porque há uma enorme expectativa dos fãs quanto a forma como será retratada a atmosfera do game, ou até mesmo como serão os personagens.

Nesse sentido, não é raro que muitas produções com essa proposta sejam consideradas verdadeiros fiascos. Mas, calma, que existe muito filme bom com essa temática e que vale a pena conferir!

Qual foi o primeiro jogo que virou filme?

Antes de mostrarmos a seleção de jogos que viraram filmes, é interessante saber como começou esse tipo de adaptação no cinema. O primeiro longa-metragem com essa proposta foi Mario Bros, de 1983.

Apesar de ter inaugurado esse tipo de adaptação para os cinemas, foi um filme muito criticado. O roteiro, a atuação dos personagens Mario e Luigi e até mesmo o ambiente retratado não foram fiéis ao game mais famoso do planeta.

Porém, mesmo com tantas falhas, a produção — que se tornou um filme cult — não intimidou outras adaptações de games. Na verdade, trouxe uma barreira para a Nintendo, que não disponibiliza com facilidade suas franquias para o cinema.

 

Quais jogos viraram filme?

Existem vários filmes que tiveram origem nos consoles e outros que se inspiram no contexto dos videogames para você curtir, muitos deles disponíveis nas plataformas de streaming. 

 Então, basta ter uma boa internet para não ficar de fora das produções do universo dos games. A seguir, listamos algumas sugestões com essa temática.

 

 

Imagem do filme "Sem Remorso".

Sem Remorso (Amazon Prime)

O filme, lançado em 2021 e que você pode conferir no Amazon Prime, é baseado no livro homônimo de 1993, escrito por Tom Clancy, famoso pelas obras de espionagem e pelos jogos que levam seu nome.

Dirigido por Stefano Sollima, apresenta o protagonista John Kelly (Michael B. Jordan), um oficial da Marinha dos Estados Unidos, que passa a perseguir soldados russos quando o grupo mata sua esposa grávida. 

Nessa vingança, ele descobre uma conspiração que pode envolver EUA e Rússia em uma grande guerra.

Imagem do filme "Detona Ralph".

Detona Ralph (Disney+)

“Detona Ralph'', de direção de Rich Moore, é uma animação disponível no Disney + que os amantes dos jogos não podem perder. 

Um enredo de comédia e aventura que apresenta o protagonista Ralph (John C. Reilly), um vilão de jogo de fliperama que exerce sua função há 30 anos.

Então, em Detona Ralph, filme lançado em 2012, ele, que não é muito bem-visto pelos outros habitantes do jogo, busca mais reconhecimento: quer que os outros personagens passem a gostar dele, assim como gostam do “mocinho” do jogo, Fix-It Felix (Jack McBrayer).

Para mostrar que ele pode ser querido, Ralph passa a visitar outros jogos para conquistar uma medalha de herói. No entanto, nessa jornada, ele liberta, sem querer, um inimigo mortal que pode acabar com os jogos do fliperama.

Na trama, Ralph tem a ajuda de Vanellope (Sarah Silverman), uma menina de um jogo de corrida de carros, que causa “pane” nesse game.

O filme fez tanto sucesso que ganhou uma continuação: “Detona Ralph – Quebrando a Internet'', de 2018. Nessa aventura, os amigos Ralph e Vanellope vão até a internet em busca da peça que consertará o jogo de corrida da menina.

Nos dois filmes, além da história criativa, o espectador encontra referência a diversos games clássicos, como:

  • Sonic;
  • Pac-Man;
  • Street Fighter;
  • Mortal Kombat;
  • Super Mario.

Jumanji: Bem-vindo à Selva (Netflix)

Lançado em 2017 e com direção de Jake Kasdan, em “Jumanji: Bem-vindo à Selva'', quatro jovens são transportados para dentro de um jogo de videogame. O inesperado ocorre quando estão escolhendo seus avatares para esse game, que se passa em uma floresta tropical.

A trama é uma continuação de “Jumanji”, filme de 1995, e mostra o quarteto (Dwayne Johnson, Kevin Hart, Karen Gillan e Jack Black) na missão de levar uma esmeralda ao alto da montanha para encerrar a maldição e finalizar a partida.

Imagem do filme "Tomb Rider - A origem da vida".

Lara Croft: Tomb Raider (Telecine)

Pelo streaming do Telecine, você pode acompanhar “Lara Croft: Tomb Raider'', inspirado no jogo Tomb Raider, um dos primeiros desenvolvidos em plataformas 3D. Estrelando Angelina Jolie como Lara Croft, é um dos filmes de jogos de ação e aventura que foram sucesso de bilheteria.

De direção de Simon West e lançado em 2001, traz a história de Lara Croft, filha do arqueólogo Lord Henshingly Croft (Jon Voight). Ela é fotojornalista e, um dia, encontra em sua mansão um relógio secreto que começou a funcionar com o alinhamento dos planetas, fenômeno que ocorre a cada 5 mil anos.

A partir desse objeto, Lara precisa encontrar outros dois artefatos, que quando unidos dão o poder de controlar o tempo, o que pode levar à destruição do planeta. Como esses artefatos são visados por uma sociedade secreta, Lara se vê numa aventura para impedir que esse poder esteja com as pessoas erradas.

Em 2003, a franquia lançou mais um filme: “Lara Croft- Tomb Raider: A Origem da Vida'', também com Jolie. E, em 2018, “Tomb Raider: A Origem'', porém, nesse último, a protagonista é interpretada por Alicia Vikander. Todos estão disponíveis no Telecine.

Imagem do filme "Tron".

Tron - Uma Odisséia Eletrônica (Disney+)

Se você curte ficção científica, vai se interessar por “Tron – Uma Odisséia Eletrônica'', um filme de 1982. Tem a direção de Steven Lisberger e foi uma das primeiras produções a se valer de computação gráfica.

A trama começa na empresa ENCOM, onde Kevin Flynn (Jeff Bridges), um engenheiro de softwares trabalha criando jogos de videogame. Contudo, suas ideias são roubadas por Ed Dillinger (David Warner), que, assim, é promovido na empresa.

Para mostrar que os projetos são seus, Flynn entra no sistema da ENCOM por meio de um programa criado por ele. É uma mistura do mundo real e virtual, em que o protagonista se une a gladiadores computadorizados para lutar contra Tron (Bruce Boxleitner), um programa de segurança.

Em 2010, a franquia ganhou seu segundo filme, “Tron - O Legado'', cheio de efeitos especiais. Recentemente, a Disney divulgou que planeja fazer um terceiro longa para a história. Vamos aguardar!

Imagem do filme "Blade Runner 2049".

Blade Runner 2049 (Netflix)

Lançado em 2017, você pode assistir à “Blade Runner 2049'' na Netflix, um filme de ficção científica que é continuação de “Blade Runner”, de 1982. 

Com direção de Denis Villeneuve, a trama apresenta o caçador de replicantes, K (Ryan Gosling), que descobre um segredo: uma replicante teve um filho. Assim, o fato de eles poderem se reproduzir geraria uma guerra com humanos. 

Então, K se envolve em uma missão para encontrar Deckard (Harrison Ford), blade runner da polícia de Los Angeles, que já encerrou sua função.

Imagem do filme "O príncipe da Pérsia".

Príncipe da Pérsia: As areias do tempo (Disney+)

Longa de 2010, dirigido por Mike Newell, é a adaptação do game “Príncipe da Pérsia''. Na história, o príncipe Dastan (Jake Gyllenhaal) ajuda seu irmão a tomar o poder de Alamut.  Nessa cidade sagrada, encontra uma adaga, guardando-a com ele.

A princesa da cidade Tamina (Gemma Arterton) sabe que Dastan está com a adaga e busca ter o objeto de volta. Isso porque a adaga faz com que seu dono possa viajar no tempo, caso dentro dela esteja uma areia mágica.

Dastan acaba caindo em um golpe em que envenena e mata o próprio pai, o rei Sharaman (Ronald Pickup). Por esse motivo, passa a ser perseguido e precisa provar que é inocente, além de lutar para proteger a adaga.

Imagem do filme Resident Evil.

Resident Evil 6: O Capítulo Final (Netflix)

Quando o jogo ‘Resident Evil' foi adaptado para o cinema, os fãs aplaudiram a produção, tanto é que já são seis filmes da franquia. São longas para quem gosta de terror, ação e ficção científica, pois a trama se baseia na luta contra zumbis.

Em “Resident Evil 6: O Capítulo Final'', lançado em 2017 e com direção de Paul W.S. Anderson, temos a história de Alice (Milla Jovovich). Nesse suposto último filme da adaptação do videogame, ela precisa voltar à Raccoon City, local em que a Umbrella Corporation está reunida para ter a luta final contra os mortos-vivos. 

Em 2021, a Netflix produziu uma série para a franquia, chamada “Resident Evil: No  Escuro Absoluto”. 

Imagem do filme "Assassin's Creed".

Assassin's Creed (Telecine)

Aqui temos um filme adaptado de um jogo focado em aventura e ação de mundo aberto. A produção, de 2016, dirigida por Justin Kruzel, traz o protagonista Callum Lynch (Michael Fassbender).

Na trama, ele descobre que sua origem está ligada a um membro da Ordem dos Assassinos. Assim, por meio de uma memória genética, vivencia as batalhas do guerreiro Aguilar, seu ancestral espanhol. Com isso, passa a adquirir novas habilidades para lutar, nos tempos atuais, contra os Templários.

Imagem do filme "Doom".

Doom - A porta do inferno (Netflix)

Em 1993, o mundo dos games ganhou o jogo “Doom”, inicialmente para PC, sendo considerado um dos primeiros jogos de tiro em primeira pessoa. Depois, o jogo foi lançado para outros consoles e também serviu de inspiração para o filme “Doom – A porta do inferno”, lançado em 2006.

O longa é dirigido por Andrzej Bartkowiak e tem no elenco Karl Urban, Dwayne Johnson e Rosamund Pike. A história se passa em uma estação espacial em Marte, que vive um grande problema após uma experiência: um teste com um cromossomo sintético é feito com um assassino, transformando-o em um monstro.

Para saber o que está ocorrendo na estação, um esquadrão é enviado para lá, porém essa equipe nem imagina que terá que enfrentar seres mortais nessa missão.

Se você é um nostálgico dos videogames ou quer conferir os lançamentos dos filmes de jogos, pode se programar, porque a quantidade de títulos com essa temática é grande. O bom é que, seja uma produção nova, seja uma mais antiga, você confere tudo nos melhores serviços de streaming.

E para assistir sem perder nenhum detalhe, é preciso ter uma internet que não trava, concorda? Então, aproveite os planos da Vivo, como o Vivo Selfie, que ainda vem com a assinatura da sua plataforma preferida de streaming inclusa:

Ou, se preferir, assine o Amazon Prime, Telecine e Disney+ de forma rápida na Vivo App Store.

Agora prepare a pipoca e bom jogo, quer dizer, bom filme!

LEIA MAIS