Se você gosta de ler e procura por um dispositivo digital que substitua os livros, gerando uma economia tanto de espaço quanto de dinheiro — já que as mídias digitais são, geralmente, mais baratas que as físicas —, comprar um Kindle pode ser a sua solução.

O aparelho oferece uma experiência bastante semelhante a um livro, porém com a vantagem de ser possível armazenar diversas mídias dentro dele, para levar para onde quiser e ler a qualquer hora. 

Para te ajudar a decidir se vale a pena adquirir um Kindle, preparamos um conteúdo especial, explicando o que é esse dispositivo, quais suas principais características e como escolher um para você. Quer saber mais? Então, continue com a gente!

Menino deitado no sofá lendo no Kindle Menino deitado no sofá lendo no Kindle

O que é Kindle?

O Kindle é um dispositivo e-reader produzido pela Amazon, que tem muita semelhança física com um tablet. 

Porém, as propostas dos dois equipamentos são diferentes: o primeiro foi pensado para otimizar a leitura do usuário, enquanto ao tablet tem diferentes funções, se assemelhando mais aos smartphones.

O Kindle é capaz de armazenar inúmeras mídias digitais de leitura, os e-books, e tanto sua tela — com tecnologia e-Ink, que simula um papel impresso — quanto o tipo de iluminação utilizada proporciona ao leitor algo próximo de estar lendo um livro físico.

Qual a função do Kindle?

A principal função é dar ao leitor a sensação de estar lendo um livro em papel. Para isso, ele conta com um tipo de iluminação diferente dos demais dispositivos, que não cansa as

 vista e pode chegar a ter até 25 LEDs com controle de luz automático, dependendo do modelo adquirido. 

Isso deixa a experiência o mais natural possível, dando a impressão que você está com um livro de verdade nas mãos.

Como e-books ocupam pouco espaço de armazenamento, é possível adicionar centenas de mídias dentro de um único aparelho, levando seus livros para onde quiser, já que eles são compactos e cabem perfeitamente em uma bolsa ou mochila. 

Outro destaque do dispositivo é em relação a sua bateria, que pode demorar semanas sem precisar recarregar. Esse fato dá mais segurança aos leitores, principalmente os que viajam com frequência.

Mulher deitada em uma rede lendo no Kindle Mulher deitada em uma rede lendo no Kindle

Qual a vantagem de comprar um Kindle?

O aparelho oferece aos usuários diversas vantagens. Conheça algumas delas:

Praticidade

Uma das vantagens de comprar um Kindle é poder carregar sua coleção de livros para onde quiser, dentro de um dispositivo otimizado para leitura. 

Com isso, você evita peso e volume extra na sua mochila ou bolsa. Imagine ter que levar três ou quatro livros com você durante uma viagem, sendo que com o Kindle você consegue adicionar centenas de títulos e acessar quando quiser, em poucos cliques.

Autonomia

Como dito, a bateria do aparelho é muito eficiente, podendo durar semanas. Logo, dificilmente você ficará na mão enquanto estiver lendo seu conteúdo preferido. 

Assim, você pode viajar sem aquela preocupação de encontrar um lugar com tomadas para ligar o carregador.

Economia

O equipamento é mais barato do que ter uma estante cheia de livros, por exemplo. Além disso, as mídias digitais costumam ser mais baratas que as físicas. 

Outro benefício está na otimização do espaço na sua casa. Afinal, todos os livros estarão guardados em um único aparelho, leve e compacto.

Homem lendo em um Kindle sentado perto de uma janela Homem lendo em um Kindle sentado perto de uma janela

Conectividade

Ele conta com acesso ao Wi-Fi, para que você possa baixar seus conteúdos favoritos direto da loja ou acessar o aplicativo de leitura que hospeda suas mídias online. 

Dessa forma, você não precisa ter o trabalho de fazer o download em outro aparelho para depois transferir para seu Kindle.

Experiência otimizada

Por conta da iluminação ser projetada com a função exclusiva de otimizar a leitura, dificilmente o usuário sofrerá com cansaço na vista, desde que o equipamento não seja utilizado em excesso — por diversas horas seguidas, sem interrupções. 

O design da tela imita a aparência de um livro físico, reproduzindo as páginas na cor branca ou amarelada e com uma quantidade de pixels que dá uma sensação mais natural ainda.

Qual o melhor Kindle para comprar?

Existem diversas configurações de Kindle disponíveis no mercado, cada uma com suas particularidades e apropriados a cada perfil de leitor. 

A seguir, conheça quais são esses modelos e suas principais características:

Kindle 10ª Geração

Foto de um Kindle 10ª Geração de frente e verso Foto de um Kindle 10ª Geração de frente e verso

O Kindle 10ª geração é o modelo mais básico. Ele tem uma tela de 6 polegadas, uma resolução de 167 pixels por polegada e conta com 4 LEDs de iluminação no painel, para otimizar a leitura. 

Esta versão é mais indicada para quem não é um leitor tão exigente — já que a baixa resolução pode ocasionar alguns pequenos serrilhados, dependendo da imagem ou configuração de texto —, mas ainda assim quer um Kindle por um preço mais em conta.

Outra diferença desse dispositivo para os demais é a falta de proteção contra infiltração de água, já que ele não conta com nenhuma certificação relacionada a isso. 

O espaço de armazenamento também é outro diferencial, sendo um pouco menor que as outras versões (4 ou 8 GB). Porém, essa capacidade é suficiente para armazenar milhares de e-books, não sendo um grande problema para os usuários.

Kindle Paperwhite

Jovem lendo em um Kindle Paperwhite Jovem lendo em um Kindle Paperwhite

Esta é a versão intermediária do Kindle, tendo um melhor custo-benefício. Seu preço não se distancia tanto da primeira opção. 

Apesar de também contar com uma tela de 6 polegadas, ele entrega mais recursos que o modelo mais básico, como uma taxa de 300 pixels por polegada — melhorando a resolução das mídias e dando um aspecto ainda mais natural — e 5 LEDs de iluminação, otimizando a experiência.

Esse modelo tem uma certificação IPX8, ou seja, pode ficar submerso por até 1h, a uma profundidade de até 2 metros. Isso facilita a vida de quem quer uma boa leitura enquanto relaxa na piscina, por exemplo.

Sua capacidade de armazenamento pode ir de 8 a 32 GB, dependendo da versão escolhida, o que garante uma enorme quantidade de mídias que você pode levar para onde for.

Kindle Oasis

Foto de um Kindle Oasis aperto e apoiado em pé devido à capa dobrável Foto de um Kindle Oasis aperto e apoiado em pé devido à capa dobrável

O Kindle Oasis é o mais avançado do dispositivo, com uma tela de 7 polegadas e 300 pixels por polegada. 

Sua maior diferença está na construção de alumínio e design mais ergonômico — possibilitando que o usuário segure na sua borda sem atrapalhar a leitura. 

Além disso, sua iluminação conta com 25 LEDs com controle automático, que se ajusta à luz do ambiente.

Ele também tem botões externos, bem como ajuste manual de temperatura de cor, possibilitando que você escolha o tom mais apropriado das páginas, indo do branco ao amarelado.

Sua capacidade de armazenamento pode ir de 8 a 32 GB. Essa versão ainda é à prova d’água, com a certificação IPX8, o que significa que o dispositivo pode ficar submerso por até 1h, a uma profundidade de até 2 metros.

Mãe e filho lendo em um tablet juntos sentados no sofá Mãe e filho lendo em um tablet juntos sentados no sofá

O que é melhor: um tablet ou Kindle?

Apesar de suas aparências serem semelhantes, os dois dispositivos têm características diferentes. 

O Kindle é mais indicado para quem deseja consumir mídias de leitura digital, sendo construído com uma estrutura que otimiza essa função e o torna a ferramenta mais próxima de um livro físico.

Quanto ao tablet, ele possui outras funções, como navegação na internet, download de jogos e outros aplicativos, reprodução de diferentes mídias — como vídeos, fotos e músicas —, acesso a redes sociais etc. Podemos dizer que ele está mais próximo de um smartphone, devido a esses recursos.

Ou seja, não é possível afirmar que um dispositivo é melhor que o outro, pois isso vai depender das necessidades do usuário no momento e o que cada um entrega para supri-las. Portanto, cabe a você decidir se vale mais a pena comprar um tablet, um Kindle ou ter os dois.

Leia mais:

Como ler conteúdos no Kindle?

Com o Kindle, você tem acesso aos mais variados tipos de conteúdos digitais para ler online, com temas para todos os gostos. 

Você pode adicionar e-books em seu dispositivo por meio da Loja da Amazon, seja comprando algum dos títulos disponíveis ou até mesmo baixando as opções gratuitas. 

Assim que adquirir o conteúdo, ele já é enviado automaticamente para sua conta Kindle vinculada, para que você possa ler pelo aparelho.

Também é possível incluir conteúdos adquiridos em outros sites ou aplicativos voltados à leitura que você tenha no seu celular ou tablet, desde que eles permitam a migração das mídias para o Kindle.

Para quem deseja contar com uma vasta biblioteca, que é atualizada diariamente com inclusão de novos conteúdos, pode assinar o serviço Kindle Unlimited, que conta com mais de 1 milhão de e-books para ler no dispositivo, por um preço fixo por mês.

E então, essas informações te ajudaram a definir se vale a pena comprar um Kindle? Como você pôde ver, o dispositivo é completamente voltado à leitura, com ótima capacidade de armazenamento e uma bateria potente que pode durar até semanas. 

Essas características, aliadas ao design leve e compacto, tornam o equipamento uma excelente opção para quem curte ler nas horas vagas. 

Boa leitura e até breve!

Leia também: