Entender como economizar energia elétrica é muito importante. Isso porque a conta vem mais barata, e ainda contribuímos com o meio ambiente — desperdiçar esse recurso tão valioso não é nada legal para o desenvolvimento sustentável. 

Por isso, é dever de cada pessoa se esforçar para poupá-lo no dia a dia. Bora começar? A boa notícia é que existem diversas maneiras bem simples de fazer isso. 

Você pode colocá-las em prática agora mesmo, sabia? Alguns exemplos são escolher os melhores horários para fazer as atividades que consomem mais energia, como tomar banho, desligar alguns aparelhos da tomada, aproveitar ao máximo a luz natural e por aí vai. 

Bateu aquela curiosidade para saber mais? Então, fique conosco e acompanhe todas as dicas!

Mão colocando uma moeda dentro do cofre de porquinho e ao lado uma lâmpada LED Mão colocando uma moeda dentro do cofre de porquinho e ao lado uma lâmpada LED

Qual o horário que gasta mais energia elétrica?

O consumo de energia elétrica tem um horário de pico. Ou seja, aquele momento em que todas as pessoas chegam em casa ou param de trabalhar, aproveitam para tomar banho e ligar os eletrodomésticos ao mesmo tempo. No Brasil, esse período acontece das 18h às 21h.

Durante essas horinhas, as concessionárias de energia trabalham mais para entregar o recurso para todos os cidadãos. Isso impacta no funcionamento dessas empresas e também na conta de luz. 

No entanto, vale destacar que somente impacta na conta de luz de empresas. Já nas residências, essa tarifação não se aplica. 

E o motivo é simples: o consumo de energia fica mais caro nesses momentos, mas não para residências, o que também eleva o preço que pagamos para usá-la.

Sendo assim, o mais interessante é evitar ligar os aparelhos e/ou recursos que exigem mais energia, como o chuveiro elétrico, nesse período mencionado . 

Se você puder, deixe para tomar banho mais cedo ou mais tarde. O mesmo vale para eletrodomésticos que gastam bastante, como:

  • Máquina de lavar roupas;
  • Fogão;
  • Micro-ondas;
  • Secadora;
  • Entre outros.

Como economizar energia elétrica em casa?

Existem diversas formas de poupar — e o melhor  dessa história é que são hábitos simples, que você pode adotar na sua casa. 

Quer saber como funciona? Vem com a gente para entender!

1. Na viagem

Saiu de férias? A dica é desligar a chave geral de energia. Assim, você não corre o risco de gastar energia elétrica à toa.

Também não esqueça de verificar se tem algo perecível na geladeira, para não estragar enquanto você estiver fora.

Quando os aparelhos estão ligados na tomada, mesmo que não estejam em uso, acabam consumindo o recurso. 

Daí a importância de fazer isso antes de partir. Coloque na agenda do seu celular para não esquecer.

2. Fora da tomada

O famoso stand-by, que é quando os aparelhos ficam com aquela luzinha vermelha ligada (apenas na tomada), também puxa energia. 

Então, por menor que seja esse consumo, pode impactar a conta de luz. Opte por desligá-los sempre que não estiverem sendo utilizados.

3. Na compra de eletrodomésticos

Centros de pesquisa do Governo Federal fazem estudos específicos com os aparelhos eletrônicos para identificar quais consomem menos energia. 

Por isso, quando tiver de comprar algo novo, fique de olho no selo Procel. Tal certificação mostra, de modo bem simplificado, a eficiência energética de cada eletrodoméstico. Ou seja, aquele que usa menos eletricidade para funcionar.

4. Aproveite a iluminação natural

Durante o dia, evite ao máximo ligar as luzes da casa. Abra todas as janelas para deixar a luminosidade natural entrar. 

Assim, fica um clima gostoso, e você ainda consegue economizar energia elétrica. Deixe para acendê-las somente quando necessário.

5. Se liga no chuveiro

O chuveiro elétrico é um dos que mais consomem energia dentro do imóvel. Portanto, nada de exagerar no tempo de banho. 

Além disso, quando estiver um clima quente, mude a chavinha para a posição "verão". Fazer isso te ajudará a economizar, uma vez que a posição "inverno" consome até 30% mais eletricidade.

Homem passando uma camisa Homem passando uma camisa

6. Na hora de passar ou de lavar roupas

Espere acumular bastante roupa para colocar na máquina de lavar ou para usar o ferro de passar. 

Quando você liga esses eletrodomésticos e não aproveita o máximo da sua capacidade, o consumo de energia é maior. 

Essa dica é valiosa — e vai fazer uma grande diferença na conta. Pode ter certeza!

7. Escolha as lâmpadas certas

As lâmpadas de LED são as mais econômicas do mercado. A redução pode ser de até 80% em comparação às demais! 

E o melhor é que a vida útil delas não diminui, o que compensa o investimento. Inclusive, a vida útil de qualquer equipamento é informada pelo fabricante. O que acontece com o LED é que ela tem uma vida útil muito superior às tecnologias inferiores. 

Além disso, as lâmpadas LEDs costumam iluminar bem os ambientes. Ou seja, não há motivos para não trocar agora mesmo.

8. Fique de olho nos aparelhos

Eletrodomésticos ou aparelhos eletrônicos antigos, sem manutenção, podem impactar a conta de luz. 

Daí a importância de verificar se o funcionamento está correto e, caso houver problemas, considere substituir por novos. 

Pode parecer um grande investimento no começo, mas ao longo dos meses, você terá o retorno na sua conta de luz. Ficará bem mais em conta, pode esperar!

9. Conscientize quem mora com você

Se mais pessoas moram junto com você, saiba que conscientizá-las é fundamental para garantir bons resultados. 

Nossa dica é fazer uma lista das atitudes que adotará no dia a dia e reunir a família para mostrar o que deve ser feito. 

Dessa forma, todos irão ficar cientes de como é importante mudar os hábitos. Boa sorte!

Mulher segurando o controle do ar-condicionado para desligá-lo e economizar energia Mulher segurando o controle do ar-condicionado para desligá-lo e economizar energia

10. Reduza o uso de ar-condicionado

Sabemos que no Brasil faz bastante calor! Mas o ar-condicionado consome bastante energia elétrica. Então, por mais que seja convidativo ligá-lo, evite usar o dia inteiro. 

Aproveite também o ventinho que vem de fora e deixe para acionar o recurso só quando estiver extremamente quente. Além disso, é importante higienizá-lo com frequência.

11. Foco na geladeira

Evite ficar abrindo e fechando, porque se gasta mais luz quando ela é acionada. Também é importante checar a borracha de vedação — quando ela não está adequada, o consumo de energia tende a ser mais alto.

Outra dica é tentar não deixar a geladeira perto do fogão, o que também é prejudicial. Quando estão muito próximos, esses eletrodomésticos acabam interferindo no consumo de energia um do outro.

Dá para reduzir a conta de luz pela metade?

Se você colocar as nossas dicas em prática, a sua conta de luz pode cair bastante. Muitas vezes, a redução chega a 50%. Por isso, não esqueça de:

  • Reduzir o tempo no banho;
  • Ficar de olho no estado dos eletrodomésticos;
  • Desligar os aparelhos da tomada;
  • Aproveitar bem a iluminação natural;
  • Usar lâmpadas de LED;
  • Conscientizar quem mora com você;
  • Evitar o uso excessivo de ar-condicionado;
  • Optar por aquecimento solar, quando for possível;
  • Ajustar a temperatura do chuveiro elétrico;
  • Estudar bem a conta de luz para entender quais são os tributos e também acompanhar a evolução do seu consumo;
  • Não desista! Você terá bons resultados.

E aí, gostou das sugestões de como economizar energia? Com hábitos simples, os resultados podem ser vistos diretamente na conta — você consegue reduzi-la pela metade somente com atitudes bem simples e práticas. 

A dica de ouro é começar essa estratégia traçando um planejamento (usando como base as dicas desse conteúdo) e conscientizar todos que moram com você.

Quando os resultados começarem a aparecer, pode ter certeza: o seu bolso agradecerá e você ainda contribuirá diretamente para evitar o desperdício do recurso. O meio ambiente também será recompensado. Ou seja, todo mundo ganha!

Até a próxima!

Leia também: