13.05.21

Clubhouse: o que é e como funciona? Saiba tudo sobre o app

Entenda como usar a rede social que tem chamado a atenção e atraído muitos famosos.

Ele chegou chegando, como se diz por aí. E atraiu a atenção de muita gente! Estamos falando do Clubhouse, um app que deu o que falar nos últimos meses. Ao contrário de várias redes sociais de sucesso, que são baseadas na publicação de imagens, a plataforma é exclusivamente de áudio. Isso mesmo: nada de foto ou vídeo — só pode trocar mensagens faladas.

Funciona assim: todo usuário pode criar uma sala, que fica visível para os seus seguidores. Quem tiver interesse pode entrar nela para papear (o acesso é livre, mas o microfone só é aberto se o anfitrião assim o permitir). Aliás, um dos principais atrativos do app é a possibilidade de interagir facilmente com celebridades nacionais e internacionais. 

Além disso, cada participante consegue deixar o perfil do seu jeitinho. Ou seja, dá para criar uma bio, como no Instagram, e sugerir conteúdos que você considera interessantes para os seus amigos.

O formato das sessões lembra um podcast, com a diferença de que todo o conteúdo é transmitido ao vivo, como sempre aconteceu com as estações de rádio, por exemplo. Sendo assim, a plataforma reúne características já conhecidas do grande público, mas com a possibilidade de trocar ideias em tempo real.

Quer saber mais sobre o app? Te mostramos tudo a seguir!

Imagem de homem escutando áudio

Como o Clubhouse funciona

O aplicativo foi criado por Paul Davison, que trabalhava no Pinterest, e por Rohan Seth, ex-Google. Os dois são amigos e decidiram lançar, em março de 2020, um ambiente para reunir pessoas que desejavam conversar sobre temas variados — em tempo real.

Ambos buscaram inspirações em podcasts e plataformas de streaming, dois formatos que têm atraído cada vez mais adeptos. Por que não juntá-los, então? Provavelmente foi o que eles pensaram.

Para começar a usar o Clubhouse, entretanto, ainda é preciso receber um convite. Ou seja, só quem já tem um perfil pode compartilhar essa permissão com amigos e conhecidos. 

Até abril de 2021, somente os adeptos do sistema iOS tinham acesso ao app. No entanto, a versão beta do Clubhouse foi lançada, no dia 10 de maio, para os usuários Android nos Estados Unidos.

No Brasil, o app pode ser encontrado na Play Store, mas apenas para um pré-cadastro de usuários. A expectativa é que a rede social seja liberada nas próximas semanas para os usuários Android dos demais países. Quem se cadastrar, receberá um aviso. 

A expectativa é que, com esse avanço, a quantidade de usuários aumente muito. Para se ter uma ideia, no início de fevereiro, a consultoria App Annie apurou que o Clubhouse tinha registrado 3,5 milhões de downloads em todo o mundo.

Exatos 15 dias depois, em 16 de fevereiro, o volume já havia saltado para 8,1 milhões. Um fenômeno.

Ilustração de celular com app Clubhouse

Como baixar o Clubhouse

Conforme falamos, por enquanto o app está disponível apenas para celulares com sistema operacional iOS. O download é gratuito, mas é preciso ter um convite para ingressar. A forma mais fácil de ter acesso é pedir para um amigo enviá-lo, desde que ele já esteja presente na plataforma.

Atenção, pois o convite chega via mensagem de texto (junto com um link).

Quem não conseguir, o app permite que o usuário reserve um user name. Ou seja, um nome que deseja utilizar quando ingressar. Olha só a mensagem que o Clubhouse disponibiliza ao baixá-lo:

"Ei! Estamos trabalhando muito para adicionar pessoas ao Clubhouse o mais rápido possível, mas agora você precisa de um convite para se inscrever. Qualquer pessoa pode obter um entrando na lista de espera ou solicitando um a um usuário existente. Agradecemos sua paciência e mal podemos esperar para recebê-lo. Obrigado!”

A sua conta ficará com o status "pendente" até que algum conhecido seu autorize, portanto, o envio de um convite. Lembrando que essas são as regras iniciais porque o app ainda está na fase de testes (é uma versão beta).

A plataforma tem, hoje, uma avaliação popular bastante positiva: obteve a pontuação 4.8 (de 5).

Veja como abrir uma sala e começar a usar o Clubhouse

Ao ter um perfil na rede social, você possui também um passe livre. Ou seja, pode transitar entre as salas e participar de discussões (atenção, pois o anfitrião é o responsável por liberar os microfones dos participantes). Sendo assim, você não pode entrar falando se não for permitido.

Além disso, cada usuário pode criar esses espaços de conversa - e estabelecer regras para eles, como autorizar que qualquer pessoa participe, restringir a quem te segue ou então iniciar um grupo privado (apenas com quem selecionar).

Outra possibilidade é agendar conversas. Para isso, é preciso clicar no ícone de calendário, localizado na área superior da tela do Clubhouse. Dessa forma, você cria eventos, pode colocar uma breve descrição e também o detalhamento de data e horário.

Aliás, é justamente nessa área que dá para visualizar outros eventos que possam te interessar. Dessa forma, você fica sempre sabendo de tudo (basta ativar a notificação para receber um aviso).

Ilustração de mulher escutando áudio

Famosos que estão bombando no Clubhouse

Um dos atrativos da plataforma é justamente o fato de ter muitos conteúdos feitos por famosos, tanto do Brasil quanto de outros países! Alguns têm criado salas com frequência e interagido diretamente com os seguidores. Segue uma listinha de perfis ativos — e interessantes para acompanhar:

  • Tatá Werneck: a humorista vem chamando a atenção tanto pelos conteúdos que realiza quanto pelas participações nas salas de amigos (e até mesmo desconhecidos). Imagine se ela entrar de repente em uma que você criar?;

  • Felipe Neto: o youtuber é uma personalidade legal para acompanhar. Seus conteúdos abordam atualidades gerais, desde política a reality shows;

  • Drake: o cantor adora falar de música no Clubhouse. É um perfil bem interessante para seguir e se divertir;

  • Preta Gil: quer dar muitas risadas? Os conteúdos da cantora se destacam pelo bom-humor! Vale segui-la para se divertir e se atualizar sobre temas do momento;

  • Jared Leto: o ator e cantor já participou de diversas salas falando, principalmente, sobre tecnologia e economia, entre outros.

Vale ressaltar que os conteúdos não ficam armazenados na plataforma. Eles acontecem e somem, como os Stories, do Instagram. Por isso, aproveite o momento.

Celulares para acessar o Clubhouse

Como falamos, por enquanto apenas os celulares com sistema operacional iOS podem ter acesso ao Clubhouse. Veja algumas opções:

iPhone 12 mini

Imagem de iPhone 12

O iPhone 12 mini tem tela de 5,4" e câmera dupla de 12 MP. Sua capacidade de armazenamento é de 64 GB. Corre para o site, pois há preços especiais para clientes Vivo

iPhone 12 Pro Max

Imagem de iPhone 12 Pro Max

A tela do iPhone 12 Pro Max conta com 6,7". É compatível com a tecnologia 5G e tem 256 GB de capacidade de armazenamento.

iPhone 11

Imagem de iPhone 11

Disponível em seis cores diferentes, o iPhone 11 tem resolução 4K. Possui câmera dupla e bateria que funciona o dia todo.

Gostou? Veja mais opções com preços especiais na Loja da Vivo!

Conclusão

E aí, curtiu saber mais sobre o Clubhouse? A plataforma tem dado o que falar — e promete alcançar mais pessoas, principalmente quando permitir também o acesso de celulares com sistema operacional Android.

Enquanto isso não acontece, veja aqui os aparelhos que são compatíveis com o app. Todos estão disponíveis aqui na Loja da Vivo, com preços promocionais para nossos clientes.

Agora, aproveite e divirta-se usando o Clubhouse! Já pensou em quais conteúdos deseja abordar? Ou com quais famosos quer interagir? Vale ficar de olho nas salas para se inspirar. Lembrando que todos os áudios não ficam armazenados na ferramenta, o que é parecido com os Stories do Instagram.

Tem sido cada vez mais comum formatos do gênero, não é mesmo? Bora aproveitar, então? Bons papos e até a próxima!