A tecnologia está em constante evolução e, com isso, devemos acompanhar os avanços, para utilizar as ferramentas que otimizam nosso dia a dia. E isso vale, inclusive, para quem faz parte da terceira idade. 

Atualmente, existem várias opções de celular para idoso, voltados para quem ainda não tem tanta familiaridade com a tecnologia. Para ajudar na hora de decidir, preparamos um conteúdo especial, ensinando como escolher um smartphone para idoso.

Além das dicas, também trazemos alguns serviços que podem fazer a diferença na rotina desse público. Vamos lá?

Homem mais velho sentado em um sofá bege, mexendo no celular para idoso. Homem mais velho sentado em um sofá bege, mexendo no celular para idoso.

Como escolher celular para idoso?

Confira os principais fatores que devem ser levados em consideração na hora de escolher um aparelho para idoso:

Tela

O tamanho da tela é um fator fundamental. Isso porque pessoas da terceira idade precisam de aparelhos com alguns detalhes maiores, como a fonte e ícones dos aplicativos.

Tamanho das teclas

Esse é outro diferencial que deve ser considerado, tendo em vista que, quando envelhecemos, temos tendência a ter dificuldade de enxergar letras muito pequenas.

Botões personalizados

Para facilitar na identificação de funções básicas do smartphone, é interessante optar por dispositivos que permitam uma personalização de alguns recursos, como chamada para números de emergência ou contato de alguém próximo.

Nas versões para idosos, esses botões ou comandos são de fácil acesso para que sejam acionados rapidamente, caso necessário.

Mão colocando celular para idoso para carregar, com capinha vermelha. Mão colocando celular para idoso para carregar, com capinha vermelha.

Bateria

Um celular para idoso deve ter, preferencialmente, uma boa autonomia de bateria, para que ele não precise se preocupar em carregar o aparelho diversas vezes ao dia.

Essa característica é uma boa solução, principalmente para quem tem mais dificuldade de lembrar desse tipo de tarefa. 

Além disso, a maior autonomia previne contra imprevistos, como precisar fazer uma chamada de emergência e se deparar com o celular descarregado.

Resistência

Sabemos que, à medida que a idade passa, os ossos enfraquecem e as quedas se tornam mais frequentes.

Portanto, contar com um smartphone resistente é fundamental para que ele não se quebre com tanta facilidade durante uma queda ou outro tipo de impacto. 

Quais as diferenças de um celular comum e de um para idoso?

A seguir, veja as principais diferenças entre os dois tipos de smartphones:

Visualização otimizada

Quem está na terceira idade, muitas vezes, pode ter dificuldade para enxergar letras e ícones menores. Nesses casos, o ideal é contar com um aparelho que entregue uma fonte e tela apropriadas.

Os celulares para idosos entregam esses recursos, fazendo com que a visualização se torne muito mais fácil, quando comparado a um dispositivo sem essa personalização.

Acesso rápido às informações

O acesso às informações deve ser o mais simples possível para que o usuário não se confunda ou tenha dificuldade na hora de utilizar as funções básicas do celular, como:

  • Enviar uma mensagem;
  • Acionar um recurso de emergência.

O celular específico para idosos conta com uma otimização de interface e poucos aplicativos instalados, ajudando a descomplicar o acesso aos recursos do aparelho. 

Já com os smartphones comuns, é preciso lidar com uma grade cheia de aplicativos e que, dependendo do modelo, não podem ser desinstalados.

Mão de uma pessoa mais velha segurando e mexendo no celular para idoso. Mão de uma pessoa mais velha segurando e mexendo no celular para idoso.

Botões apropriados

Outra característica do aparelho para idoso está na construção dos botões físicos — desde que o celular seja desse modelo. Eles costumam ser maiores e mais largos, para que o usuário não aperte no lugar errado.

Inclusive, alguns modelos usam uma confirmação por voz, falando de imediato a tecla que está sendo discada, diminuindo as chances de erro.

Em relação aos smartphones, a maioria não conta com essas teclas aprimoradas, e o teclado virtual pode ser pequeno demais para ser visto ou clicado.

Como configurar um celular comum para idoso?

Mesmo que os smartphones mais comuns não sejam os mais apropriados para pessoas idosas, ainda é possível configurá-los de modo que eles se adequem às necessidades do usuário. 

E isso é feito por meio das opções de acessibilidade do aparelho, que é voltada para pessoas com necessidades especiais e também podem servir para os mais velhos. 

Com esse modo é possível acessar funções, como:

  • Notificações por meio de bipes específicos: com reconhecimento de sons e mudanças de ambiente, como detector de fumaça, barulho de bebês chorando, latidos, campainha etc;
  • Transcrição de mensagens de voz para texto e vice-versa;
  • Leitura de textos em voz alta, por meio da câmera do celular;
  • Mudança do tamanho da fonte do display;
  • Conexão com teclado em braile.

Para configurar as funções de acessibilidade do aparelho no Android, basta ir até as configurações do celular e encontrar o recurso nativo chamado de “Acessibilidade”. Lá, você poderá ativar a opção que desejar.

No iPhone, o procedimento é o mesmo. Vá até a sua aba de “Ajustes” e busque pela opção de “Acessibilidade”. Depois é só escolher as funções desejadas.

#vivoguru

Qual celular é melhor para idoso com WhatsApp?

Um dos recursos que vem sendo bastante utilizado por idosos é o WhatsApp. O aplicativo é de fácil utilização, seguro e é muito útil na hora de manter contato com os parentes ou amigos, seja em mensagens privadas ou no grupo da família.

Para ter uma experiência mais otimizada, o ideal é que o usuário conte com um aparelho que permita uma visualização melhor, com letras maiores e teclado personalizado. 

Portanto, o ideal é utilizar um dispositivo para idosos ou até mesmo um smartphone comum, com algumas funções de acessibilidade ativadas, como tamanho maior da fonte e transcrição de texto por voz.

Mulher mais velha sentada na varanda sorridente com blusa laranja no WhatsApp no celular para idoso Mulher mais velha sentada na varanda sorridente com blusa laranja no WhatsApp no celular para idoso

Quais os melhores aplicativos para idosos?

Além do celular para idoso, é importante buscar por outras soluções que facilitem seu dia a dia. E existem diversos apps voltados à terceira idade.

A seguir, conheça alguns dos melhores aplicativos para idosos:

Yalo

O Yalo é um aplicativo voltado para a saúde do usuário. Por meio de sua assinatura, é possível realizar consultas presenciais ou teleconsultas

Além disso, você pode aproveitar as parcerias com diversas lojas e receber descontos em estabelecimentos, como: 

  • Dr. Consultas; 
  • Droga Raia;
  • Drogasil;
  • Entre outros. 

O app disponibiliza três categorias de assinatura para que o usuário escolha a que mais se enquadre nas suas condições financeiras.

Caixa de Remédios

O objetivo desse aplicativo é simples: auxiliar os idosos a tomarem seus remédios na hora certa. 

O Caixa de Remédios funciona por meio do envio de lembretes na tela inicial do celular, com avisos sonoros, caso o usuário esteja longe. 

Além disso, o app faz a leitura do código de barras dos remédios e exibe suas informações na tela do aparelho.

App Vivo

O App Vivo é um dos maiores aliados dos idosos. Por lá, é possível tirar dúvidas e conhecer mais detalhes sobre os serviços disponibilizados pela Vivo, por meio da opção “Perguntas frequentes” ou entrar em contato com a Aura — inteligência artificial da operadora.

Além disso, você pode trocar de plano e acompanhar os dados de seu pacote, como: 

  • Consumo;
  • Faturas;
  • Linhas;
  • Entre outros.

Também é possível tanto agendar uma visita em uma das unidades físicas da Vivo quanto acompanhar o andamento das visitas técnicas solicitadas. 

Para agendar a visita, siga os seguintes procedimentos:

  1. Baixe e acesse o App Vivo;
  2. Clique na opção “Suporte”;
  3. Acesse a opção “Agendamento em loja”;
  4. Selecione a loja mais perto de você e clique em “Agendar agora”;
  5. Escolha o dia, o período e horário de sua preferência;
  6. Informe o motivo da visita;
  7. Aguarde o agendamento ser concluído.

Para acompanhar seus agendamentos, em vez de clicar em “Agendar agora” no item 4, acesse a opção “Meus agendamentos''.

Casal de pessoas mais velhas verificando os melhores planos móveis no celular para idoso Casal de pessoas mais velhas verificando os melhores planos móveis no celular para idoso

Quais os melhores planos móveis para os idosos?

Para que seja possível fazer um bom uso dos aplicativos, é necessário contar com planos móveis de qualidade, que oferecem uma conexão boa e estável.

E a Vivo tem as melhores soluções que, além de muitos gigas, oferecem diversos benefícios, como:

  • Chamadas e SMS ilimitados;
  • Aplicativos sem descontar da franquia;
  • Acesso a serviços digitais;
  • Entre outros. 

Confira as opções a seguir:

Vivo Selfie

Vivo Selfie é um plano pós-pago individual que tem como principal diferencial uma assinatura gratuita em uma das plataformas de streaming parceiras:

Além disso, é possível contar com os seguintes benefícios:

  • Pacote de internet exclusivo para utilizar nas plataformas de streaming;
  • WhatsApp, chamadas e SMS ilimitados;
  • Vivo Travel: internet e ligações grátis nas Américas todos os dias;
  • Acesso a diversos serviços digitais.
Logo do Vivo Selfie

Vivo Pós Família

O Vivo Pós Família, como o nome diz, é voltado para atender a família toda. Os planos podem ser configurados com até quatro linhas adicionais, com pacotes de internet para compartilhar com todos.

Além disso, os usuários contam com WhatsApp, Moovit, Waze, ligações e SMS ilimitados e acesso a vários serviços digitais inclusos no pacote.

Imagem de 2 celulares com aplicativo aberto com logo de Vivo Pós do lado

Leia mais:

Vivo Controle

O plano Vivo Controle é para quem prefere ter uma assinatura mais básica que os pacotes pós-pagos, mas sem perder os benefícios, a eficiência e a organização do envio de faturas.

Com este plano, você ganha gigas de internet bônus que são usados exclusivamente para o acesso às redes sociais. Ou seja, sem consumir da sua franquia original. 

E ele também oferece vários benefícios, como: 

  • Ligações e SMS ilimitados;
  • Acesso a serviços digitais;
  • Apps que não descontam da franquia.
Logo do Vivo Controle em um fundo degradê

Agora que você já sabe o que levar em consideração na hora de escolher um celular para idoso, cabe a você decider qual o melhor modelo para o seu perfil ou do seu ente querido. 

Não esqueça de baixar os melhores aplicativos para a terceira idade e de escolher o plano móvel que faça mais sentido para sua necessidade ou da pessoa idosa que irá receber esse presente. 

Até logo!

Leia também: