A Black Friday é uma das datas mais importantes do varejo americano e vem se tornando cada vez mais importante para o mercado brasileiro. 

Este é o momento para comprar aquele celular, televisão ou jogo de panela que você estava namorando há meses. Neste artigo, vamos te explicar tudo sobre esse período e como tirar o maior proveito dele. Vamos lá?

O que é a Black Friday?

A Black Friday é uma das sensações do varejo. É a data após o Dia de Ação de Graças, nos Estados Unidos, em que as pessoas aproveitam para trocar os presentes recebidos e também encontrar os melhores descontos.

No Brasil, apesar de não ser comemorado o Thanksgiving, como é chamado lá fora, é uma ótima oportunidade para conseguir bons preços e garantir aquele presente de Natal. ;) 

Imagem de calendário marcando black friday

Origem da Black Friday

Há um pouco de confusão de onde o termo “Black Friday” surgiu. O que se sabe é que a sexta-feira negra é um dia depois do Dia de Ação de Graças e começou a ganhar bastante destaque nos Estados Unidos em 1975, quando o uso do termo passou a ser divulgado pela mídia.

A Black Friday é o período em que os varejistas têm o maior faturamento por lá. Nesse dia, as lojas abrem bem cedo e milhares de pessoas formam filas para conseguir os melhores descontos.

Black Friday no Brasil

Já no Brasil, a Black Friday é muito mais recente. A primeira aconteceu em 2010 e foi totalmente online, reunindo 50 lojas do varejo nacional. Desde então, cada vez mais varejistas adotaram a estratégia de preços mais baratos nesse período para vender mais.

De acordo com o Valor, a Black Friday de 2020 rendeu mais de R$ 3,5 bilhões, com o Sudeste contabilizando R$ 2,2 bilhões de valor de compras. Incrível, não é?

Que dia é a Black Friday 2021?

A Black Friday 2021 é no dia 26 de novembro, ou seja, a quarta sexta-feira do mês e, praticamente, um mês antes do Natal.

O que esperar do evento?

Muitos descontos e promoções. Por isso, o ideal é focar naquilo que você precisa. Para evitar gastos desnecessários ou endividamento, a melhor coisa a se fazer é separar aquilo que você precisa e ir monitorando ao longo dos meses para comprar com segurança.

Imagem de pessoa fazendo compras

Quando as lojas costumam entrar em promoção?

O que não falta para o brasileiro é oferta. Tem loja que faz o Novembro Black, outros focam apenas na semana da Black Friday, porém, os principais descontos aparecem mesmo no dia do evento.

Alguns varejistas, por exemplo, vão liberando aos poucos os grandes descontos para que o usuário volte ao site e faça mais de uma compra.

Outra data que é importante ficar de olho, principalmente para quem está a fim de tecnologia, é a Cyber Monday, que acontece na segunda seguinte da Black Friday. Ou seja, se um desconto não te convenceu na sexta, talvez a segunda seja o seu dia de sorte!

Quais produtos devem ter mais desconto?

Em 2020, o que os consumidores mais buscaram foram produtos nas áreas de:

  • Tecnologia;

  • Eletrodomésticos;

  • Moda;

  • Beleza;

  • Móveis, casa e decoração.

Com a alta do dólar no último ano, a Black Friday é uma excelente opção para produtos que aumentam de acordo com a moeda americana, como a maioria dos que estão dentro dessas cinco categorias.

A Black Friday, por exemplo, é um ótimo período para trocar de celular, comprar um computador novo, trocar um eletrodoméstico, escolher uma Smart TV ou até móveis novinhos para a casa.

Imagem de pessoa fazendo compras online

Como encontrar os melhores descontos?

Para encontrar os melhores descontos na Black Friday é muito fácil. Basta ficar de olho em alguns sites que fazem esse monitoramento para você.

Buscapé e Zoom são duas opções de sites que basta você colocar o produto desejado e acompanhar o valor dele entre as diversas lojas. Também é possível acessar uma linha do tempo com os maiores e menores preços do item ao longo dos meses, semanas e dias.

Inclusive, essa é uma excelente maneira de descobrir se o item que você procura realmente está em desconto na Black Friday ou se é uma “Black Fraude”, como muitas pessoas chamam, que é quando o varejista aumenta o preço do produto antes da data e depois dá um desconto menor do que o valor original.

Como evitar golpes na Black Friday?

Com o crescimento da Black Friday no Brasil, também cresceram os números de fraude. Mas não precisa se preocupar, tá? É só seguir essas dicas abaixo e garantir compras seguras e sem dor de cabeça.

Use cartão virtual

A maioria dos bancos conta com cartão de crédito virtual. Esse tipo de cartão é ideal para compras online, porque ele pode expirar em 48 horas. 

Ou seja, você gera um número de cartão aleatório, faz a compra, evita que alguém possa pegar as suas informações futuramente e mantém o seu cartão de crédito protegido de fraudes. Bom demais, né?

LEIA MAIS:

Imagem de pessoa indecisa

Desconfie de valores muito baixos

Sabe o ditado de que santo desconfia quando a esmola é grande? Pois é, o mesmo vale para compras online. 

Além de ser preciso ficar de olho se a loja que vende o produto é conhecida, garanta que o preço não é completamente discrepante. 

Se um produto que custa normalmente R$ 100 estiver custando R$ 10, é provável que seja fraude.

Verifique a autenticidade do site

Cuidado com links que te redirecionam para loja. É sempre importante ficar de olho no endereço da página. Veja se letras como “i” e “o” não foram substituídas por ''1" ou “0”. 

Também, veja se não está faltando uma letra no endereço. Na dúvida, sempre acesse um canal oficial da loja e de lá entre no link dela, ok?

Cuidado com o boleto!

Alguns cibercriminosos usam o boleto como desculpa para vender um produto muito mais barato. Na dúvida, entre em contato com os canais oficiais da loja para garantir que, qualquer coisa, você vai conseguir recuperar o seu dinheiro de volta, tá?

E aí, gostou das dicas? Então, leve-as com muita atenção, deixe tudo anotadinho e boas compras na Black Friday, viu? 

Até a próxima! 

LEIA MAIS: