É verdade que as temperaturas do Brasil não atingem índices tão baixos quanto os de outros países, mas assim que o inverno chega e bate aquele friozinho, não tem jeito, a vontade de comprar um bom aquecedor cresce, não é? Afinal, nem sempre é confortável ficar com várias camadas de roupa o dia inteiro dentro de casa e, às vezes, nem isso resolve.

Diante de tantas opções no mercado, é importante conhecer os modelos e o tipo de ambiente que precisa ser aquecido. Vem saber mais sobre as vantagens de investir em um aquecedor aqui.

Quais as vantagens de ter um aquecedor?

No Brasil é comum que as estações do ano não sejam bem definidas, com a presença de dias muito quentes no verão e outros mais frios durante o inverno. O investimento em um bom aquecedor para sua residência ameniza as surpresas do tempo e garante o conforto em todos os dias do ano. 

Continue conosco para saber tudo sobre os tipos de aquecedores e como escolher o modelo ideal para o seu ambiente.

Imagem de uma mulher com um cobertor no sofá, um gato no colo e, ao lado, um aquecedor. Imagem de uma mulher com um cobertor no sofá, um gato no colo e, ao lado, um aquecedor.

Quais os tipos de aquecedores?

Existem vários modelos no mercado, cada um com características específicas desenvolvidas para atender diferentes necessidades. Por isso, a escolha pode ser mais complicada do que parece. Então, para você saber qual a melhor seleção, conheça os diferentes tipos de aquecedor.

Aquecedor a gás

O aquecedor a gás é capaz de atender vários pontos da residência, além de possibilitar o aquecimento da água de todas as torneiras e do chuveiro da casa, garantindo um banho quentinho e relaxante. 

Contudo, o ponto positivo que acaba influenciando a escolha dos consumidores é a economia de energia que ele proporciona, já que o gás é bem mais barato do que o aquecimento elétrico.

Por fim, o aquecedor a gás possui um funcionamento simples, com tecnologia que facilita o seu manuseio no dia a dia. O mercado possui opções bem interessantes de modelos com display digital, que mostra todas as funções possíveis do aparelho e aponta eventuais problemas. Bacana, né?

Aquecedor a óleo

O aquecedor a óleo é extremamente silencioso e deixa o ambiente aquecido por muito mais tempo. Outra grande vantagem é que esse tipo de aparelho mantém a umidade do ar, evitando um dos maiores problemas do inverno: o ressecamento.

Ao contrário do que se comumente pensa, a manutenção do aparelho é bem simples, não sendo necessária a troca periódica do óleo.

Aquecedor portátil

Imagem de um aquecedor portátil. Imagem de um aquecedor portátil.

Outra opção interessante é o aquecedor portátil, que não só aquece o ambiente como também facilita a mudança do ponto de aquecimento. 

Alguns modelos contam até com a função de ventilador, permitindo a sua utilização, inclusive, nos dias mais quentes, como é o caso do aquecedor de ambiente Britânia, que conta com 800 W de potência e dois níveis de aquecimento. Ou seja, vantagens para todos os momentos.

Aquecedor elétrico

Imagem de um aquecedor elétrico. Imagem de um aquecedor elétrico.

Existem três tipos de aquecedores elétricos:

  • Incandescente;

  • Halógeno;

  • Termoventilador.

O aquecedor elétrico incandescente é capaz de aquecer o ambiente em pouquíssimo tempo, sendo mais indicado para cômodos pequenos, uma vez que o calor que emana fica concentrado nas extremidades do aparelho. 

Já o aquecedor elétrico halógeno emite uma luminosidade característica, uma vez que utiliza o gás halogênio para o seu funcionamento. 

É uma opção bastante silenciosa e funciona melhor em ambientes pequenos. O aquecedor Vapore Quartzo possui reservatório de água, que aumenta a umidade do ar e, ainda, se colocar algumas gotas de fragrância, é possível deixar o ambiente com o aroma que você desejar.

Por fim, o aquecedor elétrico termoventilador é muito parecido com um ventilador, só que com a função de circular o ar aquecido. 

Esse modelo também possui a opção de regulagem para ar frio, de modo que também pode ser aproveitado durante o verão. Uma opção incrível é o EOS Comfort Heat 3 em 1 que promete ser uma baita de uma ajuda em todas as situações.

Aquecedor de parede

Imagem de um aquecedor de parede. Imagem de um aquecedor de parede.

Ao contrário do aquecedor portátil, o aquecedor de parede não permite a mobilidade do aparelho, uma vez que está fixo por um suporte ou por pés de apoio. Portanto, é ideal para quem não deseja ocupar muito espaço no ambiente e não gosta de fios espalhados por aí.

Aquecedor solar

Imagem de um aquecedor solar. Imagem de um aquecedor solar.

O aquecedor solar utiliza energia renovável para manter o ambiente aquecido. É uma opção extremamente interessante para quem se preocupa com o meio ambiente e não quer gastar mais na conta de energia. 

Além disso, esse tipo de aquecedor é de fácil instalação e possui uma necessidade mínima de manutenção.

Quais os cuidados necessários com o aquecedor?

É preciso tomar alguns cuidados na hora de usar o aquecedor. Por exemplo, o uso dele  gera um alto consumo de energia elétrica. Portanto, é necessário verificar se a residência possui uma instalação capaz de suportar a potência necessária para o uso do aparelho. 

Do contrário, o equipamento pode provocar um curto-circuito, superaquecimento da fiação ou até faíscas.

O tempo que o aparelho permanece ligado também pode trazer consequências à saúde, principalmente para aqueles que já possuem problemas respiratórios ou cardíacos. 

Por isso, o ideal é não deixar o aquecedor ligado por muito tempo para manter o nível de oxigênio no ambiente.

Qual a temperatura ideal para manter o ambiente aquecido?

Apesar de relaxante, a água superaquecida pode queimar a pele e desencadear problemas dermatológicos. 

Para os aquecedores de água, é ideal manter a temperatura sempre entre 38 e 40 graus, podendo variar conforme a estação do ano.

Já para os aquecedores de ambiente, a temperatura ideal varia de acordo com o clima que o usuário se sentir mais confortável. 

Contudo, vale lembrar que não é recomendável deixar o aparelho ligado por muito tempo para garantir um nível elevado de oxigênio no ambiente.

Imagem de um casal no sofá com um cobertor e, ao lado, um aquecedor. Imagem de um casal no sofá com um cobertor e, ao lado, um aquecedor.

Como utilizar o aquecedor e economizar na conta de energia?

Ainda que o seu ambiente não esteja apto a receber um aquecedor solar, o modelo mais econômico da categoria, é possível economizar na luz.

A dica é simples, mas pode ser esquecida na correria do dia a dia: evitar deixar o aparelho ligado durante muito tempo. 

Basta ajustá-lo em uma temperatura satisfatória e, assim que esta for atingida, desligá-lo. Isso não só garante um uso saudável do aquecedor, como também evita surpresas na conta de energia.

Além disso, é indicado pesquisar no mercado modelos reconhecidamente mais econômicos, como os aquecedores a gás, que não alteram significativamente a conta de energia.

Qual o melhor tipo de aquecedor?

Sabemos que todos os aquecedores são desenvolvidos para amenizar as temperaturas mais baixas. Mas, afinal, como escolher o melhor aquecedor?

Primeiramente, é preciso analisar qual o ambiente em que se pretende instalar o aparelho. Se o espaço desejado é muito grande e cheio de divisões, é interessante investir em um aquecedor a gás, por exemplo. 

Já para os espaços pequenos, o mais indicado é o aquecedor portátil, que permite a mobilidade do aparelho e não requer instalações complicadas.

Se o objetivo é aquecer a água do banho, o aquecedor a gás pode substituir o chuveiro elétrico. Inclusive, como o valor do gás é inferior ao que se paga em energia elétrica, esse tipo de aquecedor acaba sendo a opção mais econômica para a família. 

Além disso, é imprescindível procurar modelos que tenham o Selo Procel de Economia de Energia com a melhor classificação, que varia de “A” (melhor) a “E” (pior).

Feita a análise de acordo com o ambiente, é necessário verificar se a potência do aparelho escolhido é capaz de atender às necessidades do local. 

Nesse caso, nem sempre o modelo mais potente é o ideal. A verdade é que muita gente acaba gastando mais em um aquecedor super potente e que, ao final, consome mais energia do que um de potência inferior que também daria conta do recado.

Assim, para manter os dias quentinhos e aconchegantes sem ter que gastar um absurdo é interessante prestar atenção não só na potência do aparelho, mas também em como funciona o seu sistema de aquecimento.

Onde comprar um aquecedor?

Agora que você já conhece os diversos tipos de aquecedor e sabe como escolher o modelo ideal para o seu ambiente, é só acessar a Loja Vivo e garantir o seu aparelho com condições incríveis.

Boas compras e até a próxima!

Leia mais